Cultura do urucum ganha espaço em Itamarandiba, no Vale do Jequitinhonha

O urucum já é um “ouro vermelho”, sendo demandado principalmente pela indústria alimentícia, cosmética, farmacêutica e têxtil. Atualmente os estados de São Paulo, Rondônia e Bahia lideram a produção nacional. Entretanto, resultados do Censo Agro, do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), realizado no ano de 2017, confirmaram a crescente vocação da região de Itamarandiba na produção do corante. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto em 2018, a nova microrregião produtora reúne, ao menos, 10 municipalidades que já lideram a produção em Minas Gerais, sendo Felício dos Santos, município limítrofe à Itamarandiba, o maior produtor do Estado.



Com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura de Itamarandiba, que tem acompanhado e estimulado de perto o incremento do cultivo no município, a produção em Itamarandiba já alcança mais de duas (02) toneladas de sementes. “Estamos a incentivar nossos produtores com o plantio de mudas de qualidade para que despertem para essa nova cultura que já se revela promissora na região. Temos tudo para converter o município em um grande produtor, o clima contribui e nossos produtores já abraçaram a ideia. Itamarandiba já é o décimo município em número de propriedades com o cultivo de urucum no estado e nossa meta é avançar gradativamente com a distribuição de mudas e consolidar essa vocação.”, explicou o gerente municipal de agricultura, engenheiro agrônomo, Herculano Gusmão.

À frente do projeto de incentivo à produção de urucum na região, Gusmão ressaltou, ainda, que tão logo houve a identificação da expansão do cultivo no território itamarandibano, ainda em 2017, a Prefeitura adquiriu sementes de qualidade da variedade urucum piave e de imediato deu início a formação das mudas no próprio viveiro municipal. “Com esse trabalho, a Prefeitura já distribuiu, gratuitamente, mais de 22 mil mudas do fruto aos pequenos produtores das diversas localidades rurais do município.”, diz.

Cultura do urucum ganha espaço em Itamarandiba – Foto: Divulgação

Já o prefeito itamarandibano, Luiz Fernando Alves, argumentou que Itamarandiba possui base territorial extensa e com diferentes microclimas que permite a aposta em outros cultivos; nesse sentido, ele destaca que incentivar e incrementar métodos que fomentam a agricultura familiar sempre fará parte do plano de governo da atual gestão municipal. “Estamos localizados em uma área que nos permite investir em novas culturas produtivas. O urucum tem sido um exemplo marcante disso; muito embora a produção ainda seja modesta se comparada a de municípios vizinhos. Entretanto, o fato é que Itamarandiba está ao centro de uma microrregião produtora e o estímulo aos produtores rurais na diversificação da produção na pequena propriedade fortalece a agricultura familiar. E é justamente isso que propomos e estamos a fazer.”, enfatizou Alves.

Para mais informações quanto ao apoio ofertado pela Prefeitura, bem como ao cultivo do urucum, os pequenos produtores rurais de Itamarandiba podem procurar a Secretaria Municipal de Agricultura, situada à Praça Dr. Afonso Pavie, 120, centro, ao lado da Igreja do Rosário.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:

 

(Fonte: Ascom Prefeitura de Itamarandiba/Ernane Frois)

Postado originalmente por: Aconteceu no Vale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: