Mestrando da UFSJ é premiado pela Ideation Challenges

mestrando-ufsj

O mestrando do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da UFSJ Sérgio Araújo Andrade foi contemplado com o 1o lugar na competição “The Future of Health”realizada pela Ideation Challenges, com o apoio do British Medical Journal (BMJ).

O aluno é orientado pelo Prof. Dr. Fernando de Pilla Varotti e concorreu com o projeto intitulado “Visualização da Fluorescência Direta para rastreio e diagnóstico precoce do câncer oral”, vencendo estudantes de pós-graduação do país inteiro.

Para esta competição, a BMJ propôs três desafios aos estudantes de graduação, pós-graduação e residentes matriculados em instituições de ensino superior, que comovantagens teriam possibilidade de transformar o trabalho em artigo científico, viabilidade para desenvolver habilidades para resolução de problemas reais da área médica, e ampla visibilidade perante o editor e a comunidade científica que o acompanha.

Foram avaliados a capacidade de expressar claramente as hipóteses, caráter inovador do projeto, sustentabilidade da iniciativa, aplicabilidade da solução, e alinhamento com os objetivos do Portal de Periódicos da Capes.

A premiação inclui assinatura de um ano de qualquer ferramenta disponibilizada pela BMJ, divulgação nos meios de comunicação da BMJ, divulgação no Portal de Periódicos da Capes e certificado da BMJ e da Ideation, além da possibilidade de transformar o trabalho em artigo científico, a ser publicado no periódico BMJ Student.

O trabalho premiado

O mestrando Sérgio Araújo Andrade desenvolve juntamente com seu orientador, Prof. Fernando de Pilla Varotti, o projeto de pesquisa “Visualização da Fluorescência Direta para rastreio e diagnóstico precoce do câncer oral”. O projeto conta com a parceria do Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato do Instituto de Física da USP de São Carlos e do pesquisador Wayne Rees da LedMedical, empresa sediada no Canadá.

O câncer oral é um dos tipos de cânceres mais comum e devastador se não diagnosticado precocemente. É de consenso que a detecção e o diagnóstico precoce do câncer oral representa um dos melhores caminhos para proporcionar maior sobrevida e qualidade de vida aos pacientes com lesões de câncer oral, tornando o tratamento menos invasivo, menos oneroso e menos traumático para o paciente.

No Canadá, sobretudo na região da Columbia Britânica, há um projeto para rastreio e diagnóstico precoce do câncer oral através do uso da visualização direta da fluorescência tecidual oral que tem refletido positivamente para redução da mortalidade e morbidade associada a tal patologia. A técnica, consiste na observação de moléculas relacionadas com a estrutura tecidual e metabolismo, denominadas fluoróforos, através de um dispositivo que, ao emitir uma luz na cavidade oral, excita tais moléculas que reemitem luz a qual é observada no visor do equipamento.

A concentração e ou distribuição de tais fluoróforos possui um padrão de visualização normal e, portanto, qualquer alteração na concentração e ou distribuição destes fluoróforos como acontece no câncer oral irá produzir alterações visíveis através do dispositivo mesmo em fases imperceptíveis sob visualização a olho nu; permitindo o verdadeiro diagnóstico precoce. O exame é indolor, não-invasivo, rápido com resultado imediato (10 minutos), seguro pois não usa radiação ionizante ou corantes, sendo recomendado um exame anual para pacientes acima de 40 anos de idade, inserido no contexto da consulta odontológica padrão.

A implementação de tal projeto no Brasil é inovadora à medida que oferece um exame que amplia as possibilidades de diagnóstico precoce do câncer oral além do tradicional exame clínico convencional, ao qual tem-se associado baixa taxa de detecção para o câncer oral em fases precoces. A aplicabilidade é notória visto que permite o rastreio e diagnóstico precoce do câncer oral de forma simples e sustentável uma vez que, existe dispositivo sendo produzido no Brasil similar ao Canadense, com custo 70% inferior, com registro na Anvisa e, como o exame é rápido e inserido no contexto da consulta odontológica padrão é de fácil incorporação pela rede pública ou privada.

Conclui-se que é um projeto que tem o potencial de impactar beneficamente toda a sistemática envolvida no câncer oral, beneficiando os pacientes com diagnóstico precoce que por sua vez permite tratamentos menos invasivos, menos onerosos reduzindo a morbidade e mortalidade associada ao câncer oral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: