Divulgação do áudio de conversa com Joesley pode ser o ponto final, dizem assessores de Temer

Assessores do presidente Michel Temer avaliam que a situação ficará ainda mais grave quando o áudio da conversa dele com o empresário Joesley Batista vier à tona. Eles dizem que podem ser o ponto final. Segundo o jornal O Globo, Temer deu aval para a JBS comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e do doleiro Lúcio Funaro. Temer, em nota oficial, disse jamais ter feito pedido para evitar delações premiadas.

Desdobramento

O Supremo Tribunal Federal determinou o afastamento do senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves. A decisão é do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF.

Agentes da Polícia Federal estão em imóveis de Aécio no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Claudio, na manhã desta quinta-feira.

O tucano foi acusado pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, de lhe pedir dinheiro em meio às investigações da Lava Jato. O valor de R$ 2 milhões foi rastreado e chegou ao senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

Andreia Neves, irmã de Aécio, e Altair Alves, ligado ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) também são alvo da operação.

Postado originalmente por: 98FM – Unaí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: