Buracos na rua e falta de água constante incomodam a moradores

Enviada por leitor

A rua 147, no bairro Eldorado, possui buracos e trechos sem camada asfáltica

As dificuldades estruturais da rua 147, no bairro Eldorado, em Timóteo, aguardam solução até hoje. Alvo de constantes protestos, a deficiência na via ainda é um tormento para quem investiu em imóveis no local. Alegam os moradores que a situação da via não teve nenhuma melhoria, apenas piorou, depois das manifestações do começo do ano. Buracos e trechos sem camada asfáltica são apenas alguns dos transtornos enfrentados diariamente. E essa situação piora mais ainda durante os períodos de chuva.

Um dos moradores da rua 147, Reagan Castro, de 30 anos, conta que em março deste ano, a administração municipal de Timóteo havia informado que trabalharia no recapeamento asfáltico da via, mas por enquanto, nada foi feito. “Os buracos continuam do mesmo jeito. Já reclamamos várias vezes e nos falaram que iriam mandar técnicos para avaliar a situação, mas até agora não tivemos nenhum posicionamento. Poderiam ao menos tapar os buracos para nos ajudar, mas enquanto isso só aumentam de tamanho com as chuvas”, reclama.

Outro morador, Fábio Martins Santos, de 29 anos, destaca que já teve vários prejuízos financeiros com a quantidade de buracos na rua. “Tenho que dar manutenção no meu carro várias vezes por causa disso. É muito difícil escapar dos buracos. Quando chove então fica quase impossível de subir o morro da rua”, aponta.

PMT

Procurada pelo Diário do Aço, a Prefeitura de Timóteo informou, por meio de nota, que o secretário de Obras, Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Edwar Gazon, está ciente da reclamação dos moradores da rua 147 e já teria determinado o deslocamento de uma equipe para realizar levantamento da situação no local. “Na próxima semana, a equipe da secretaria vai iniciar uma operação tapa-buracos emergencial com o objetivo de solucionar os problemas que mais afetam a população em todos os bairros da cidade”, afirma.

Falta água

Como se não bastasse toda precariedade da infraestrutura, moradores da rua 147 do bairro Eldorado também reclamaram da escassez de água, constante, em suas residências. Com isso, atividades do cotidiano não podem ser feitas, como tomar banho, lavar louça e arrumar a casa. O morador Fábio Martins acrescentou que neste mês de maio já faltou água por várias vezes, principalmente nos fins de semana. “Ficamos em uma situação bem delicada. Tenho vizinhos com crianças e até com recém-nascido dentro de casa que passam um aperto maior ainda. E quando a gente liga para a Copasa, não sabem informar o motivo e demoram para resolver o nosso problema”, salienta.

Copasa

A companhia esclareceu que, no sábado (19), ocorreu um problema na unidade de bombeamento, responsável pelo abastecimento da rua. “A manutenção foi realizada no mesmo dia (19) e o abastecimento, normalizado logo em seguida”, conclui.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: