Câmara aprova medida provisória que garante saque de contas inativas do FGTS

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nessa terça-feira (23) a medida provisória que libera o saque de contas inativas do FGTS para trabalhadores que pediram demissão até 31 de dezembro de 2015.

A proposta  ainda deve ser ainda analisada até primeiro de junho pelo Senado; se não for aprovada, quem nasceu entre setembro e dezembro, pode perder o direito ao saque.

Deputados da oposição tentaram obstruir os trabalhos em protesto contra denúncias relacionadas ao governo.

Mais de 15 milhões de trabalhadores em todo o país já sacaram mais de R$ 24 bilhões das contas inativas do FGTS nas três etapas liberadas/Reprodução: Internet

Apesar dos protestos, a base aliada venceu a queda de braço, e o texto foi aprovado com ajuda dos partidos de oposição em votação simbólica, sem a contagem de votos.

A medida provisória aprovada nesta terça também garante um rendimento maior daqui para frente para os saldos depositados no FGTS. A partir deste ano 50% do que o FGTS render em aplicações vão ser distribuídos proporcionalmente com trabalhador.

Mais de 15 milhões de trabalhadores em todo o país já sacaram mais de R$  24 bilhões das contas inativas do FGTS nas três etapas liberadas.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: