Cemig alerta sobre risco de incêndio devido ao uso de telefones conectados na tomada

Durante a recarga de bateria do telefone, a Cemig orienta deixar o aparelho em uma superfície lisa e ventilada e não usar o telefone durante o período

Não é recomendável utilizar dispositivos eletrônicos conectados na tomada. Apesar de parecerem inofensivos, os Smartphones podem oferecer riscos de acidentes elétricos, como incêndios e explosões. A Cemig alerta que mesmo os dispositivos fazendo parte do dia-a-dia das pessoas, é necessário tomar alguns cuidados para evitar incidentes.

Demétrio Aguiar, engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, explica sobre os riscos da utilização de produtos não originais e normas de segurança: “Os carregadores ‘piratas’ são relativamente mais simplificados e alguns itens importantes para a segurança dos usuários são inexistentes. Nos casos em que o carregador apresenta defeito,  há o risco de a tensão de entrada, que é de 127 ou 220 volts à saída, passar dessa normalidade, podendo energizar e danificar o aparelho, ocasionando, ainda, choque elétrico, explosões e princípios de incêndio. Por isso, o ideal é desconectá-los do carregador ao atender chamadas ou enviar mensagens”, afirma.

celular-cama
Ficar com o celular na cama é uma das atitudes mais comuns hoje em dia

Durante a recarga de bateria do telefone, a Cemig orienta deixar o aparelho em uma superfície lisa e ventilada e não utilizá-lo durante o período. A restrição do uso do celular vale também para dias de tempestade, quando o uso também é recomendado com o aparelho desconectado da tomada.

Também não é recomendável colocar o telefone durante o carregamento debaixo do travesseiro ou em cima da cama. “Nesses locais a ventilação é precária para estes aparelhos, e um possível princípio de incêndio vai resultar certamente em um incêndio“, alertou Aguiar.

A.W

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: