Decreto de retomada de áreas subutilizadas do Distrito Industrial de Timóteo

O prefeito de Timóteo, Geraldo Hilário Torres, assinou o Decreto número 4950, que prevê a retomada de 14 áreas do Distrito Industrial de Timóteo, nos bairros Limoeiro e Alegre, que estão subutilizadas, em desvio de uso e até mesmo não utilizadas para os fins previstos nos contratos de cessão.

“Historicamente a gente percebe que tem empresas que assinaram o contrato de cessão do terreno e não estão seguindo o plano de negócios e nem o contrato de direito de uso da área, ou seja, não estão tendo produção e nem geração de empregos”, destacou Geraldo Hilário.

A assinatura ocorreu quarta-feira (22) após reunião do Conselho de Expansão do Distrito Industrial, envolvendo o vice-prefeito Carlos Vasconcelos, Antônio Vaz e Carlos Alberto Moreira, da secretaria de Planejamento, Jonair Cordeiro – da Procuradoria Geral do Município, os empresários Hiler Felix e Antônio Teixeira, representando a Associação Comercial de Timóteo, e os vereadores Luiz Perdigão e Raimundo Nonato, representando o Legislativo. O prefeito Geraldo Hilário acompanhou a reunião de apresentação da situação do Distrito Industrial.

O Conselho de Expansão realizou levantamentos na área do Distrito Industrial e após constatar as áreas subutilizadas por empresários, fez recomendação à Administração para a retomada. “Hoje foi mais um passo e de forma até ousada. Como 14 empresas identificadas tem mais de dez e algumas até 20 anos que não estão cumprindo com o previsto em contrato, baseado em um relatório anterior, o processo administrativo foi iniciado”, destacou Carlos Vasconcelos.

“Muitas das áreas foram cedidas sem ônus e hoje são alvo de especulação. Alguns empresários, como não estão produzindo, estão locando o espaço, o que é errado, pois a área é pública, e outros estão até construindo moradias no local”, observou o Prefeito Geraldo Hilário citando relatório do Conselho.

Divulgação

A assinatura ocorreu quarta-feira (22) após reunião do Conselho de Expansão do Distrito Industrial

Novas empresas

A publicação do decreto visa garantir ao município a retomada das áreas e partir para a avaliação de novos planos de negócios de várias empresas que estão querendo se instalar no município. “Vamos realizar um redimensionamento das áreas que vão ser disponibilizadas com essa retomada e fazer um plano de instalação de novas empresas no local”, reforçou Carlos Vasconcelos.

“A decisão do Conselho de Expansão é que toda cessão de área no Distrito Industrial será feita via instrumento legal que é a chamada pública, porque ai cria um compartilhamento de responsabilidade entre município e empresários para garantir a expansão dos negócios ali instalados”, completou.

O empresário Antônio Teixeira, Presidente do Fórum das Entidades e conselheiro titular, representado a Associação Comercial de Timóteo (Aciati), destacou que esse é um passo importante dado pela Administração de Timóteo para o desenvolvimento do município. “Para desenvolver, a gente precisa abrir espaço para novas empresas, novos negócios, novas oportunidades. E hoje, com essa decisão e ações, a gente tem certeza que algumas novas empresas virão para cá e alguns novos postos de trabalho”, pontuou.

O Distrito Industrial de Timóteo, nos bairros Limoeiro e Alegre, tem hoje 60 empresas instaladas e outras 65 solicitando espaço para implantação. Das 14 áreas que estão em processo de retomada, o Conselho deve fazer um estudo de redimensionamento para melhor ocupação.

“Além disso, muitas empresas que querem se instalar dependem de uma avaliação. Neste caso, destacamos o papel dos vereadores e dos representantes da Aciati no Conselho, que dão seriedade ao ato. Como representantes do povo, seja do Executivo, seja do Legislativo, nós temos um compromisso que é buscar inovação, transformar e principalmente dar as respostas necessárias solicitadas pela população”, lembrou Carlos Vasconcelos.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com