Edson Fachin nega pedido de prisão de Aécio; Decisão foi afastar o senador de seu cargo

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido de prisão do senador Aécio Neves do PSDB de Minas Gerais. Em sua decisão, Fachin também não vai levar a decisão para o plenário.

No momento, a decisão tomada por Fachin foi afastar Aécio de seu mandato, e também decidiu apreender o passaporte do senador, além de estar proibido de manter contato com outros investigados na Lava-Jato.

O pedido de prisão foi feito por parlamentares, após a denuncia de Joesley Batista, dono da JBS feita à Procuradoria Geral da República, que revelou a gravação onde Aécio Neves pede ao empresário R$ 2 milhões , para pagar seu advogado no processo da Lava-Jato.

joesley-e-wesley-batista
Delação de Joesley Batista revela pedido de R$ 2 milhões em propina feito por Aécio Neves; Fachin vai analisar se mantém ou não o sigilo da gravação

Além do afastamento de Aécio, Edson Fachin vai analisar as provas coletadas durante o dia. Em questão do sigilo das delações dos donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, Fachin vai avaliar se mantém ou não as gravações guardadas.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: