28 Congresso
Amirt

Em greve, servidores da educação realizam Marcha da Educação com destino à Assembleia Legislativa

Por: Agência Amirt 05/04/2018 11:06

Segundo o SindUTE/MG, sindicato que defende a categoria, as manifestações querem mostrar à população os motivos da greve que ocorre em todo estado. Faixas cobrando do governador Fernando Pimentel estão sendo estendidas pelos servidores

indice

Os trabalhadores cobram benefícios à categoria (Foto: Gil de Carvalho/ Sind-UTE/MG)

Professores do estado, que estão em greve desde 8 de março, realizam nesta quinta-feira (05) uma marcha que parte de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, com destino à Assembleia Legislativa de Minas Gerais, localizada na capital mineira. Estão sendo estendidas faixas cobrando do governador Fernando Pimentel o pagamento do piso salarial da categoria.

A manifestação foi acordada em reunião realizada nessa quarta-feira (04) entre os servidores e o sindicato que defende os interesses da classe. De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) será um dia de marcha da educação pelas ruas de Belo Horizonte em defesa dos direitos dos servidores.

O sindicato destaca ainda que as manifestações realizadas pelos funcionários têm o objetivo de conscientizar a população sobre os motivos que levaram às greves em todo o estado.

Nessa quarta-feira (04) servidores fecharam um trecho importante da BR-381 (Foto: Gil de Carbalho/ Sind-UTE/MG)

Nessa quarta-feira (04) servidores fecharam um trecho importante da BR-381 (Foto: Gil de Carbalho/ Sind-UTE/MG)

Os servidores exigem, principalmente, o pagamento do piso salarial para a categoria. Também estão entre as revindicações o fim do parcelamento dos salários e o cumprimento dos acordos assinados de qualidade pelo Instituto de Previdência dos Servidores de Minas Gerais (Ipsemg). Além disso, eles protestam contra o parcelamento do 13° de 2017 que foi divido em quatro pagamentos, sendo que a ultima parcela está prevista para dia 19 deste mês.

Manifestações

Nos últimos dias, funcionários da educação do Estado, com apoio do Sind-UTE/MG, realizaram uma séria de manifestações.  Nessa quarta-feira (04) um importante trecho da BR-381, na cidade de Igarapé, região Metropolitana de Belo Horizonte, chegou a ser interditado pelos servidores.

Anexos para downloads:

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: