Emissão de carteiras de trabalho aumenta no semestre, mas taxa de desocupados no Brasil continua alta

2.719.179 carteiras de trabalho foram emitidas no primeiro semestre deste ano. O numero significa um aumento de 74 mil documentos em relação ao mesmo período de 2017. De janeiro a junho, o estado de Minas Gerais foi o segundo maior emissor de carteiras de trabalho. Foram 277.599 mil documentos expedidos. São Paulo liderou com 673.347 carteiras de trabalho emitidas no semestre.

Mas o aumento nas emissões de carteiras de trabalho não significa novos empregados no país. A taxa de pessoas desempregadas no Brasil foi de 12,4% no trimestre encerrado em junho.

O levantamento foi feito pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Continua) do IGBE. São 13 milhões de brasileiros desocupados sem nenhuma forma de trabalho. Entre abril, maio e junho, a população ocupada teve leve alta de 0,7%, que significa 657 mil pessoas de volta ao mercado de trabalho.

Atualmente, 32,8 milhões de brasileiros trabalham com carteira assinada no setor privado. No Brasil, são 11 milhões de empregados sem a carteira assinada. A taxa de brasileiros desocupados registrou recuo de 5,3% entre abril e junho.

A.W

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: