Estudante ipatinguense obtém nota de 9,5 em prova de Olimpíada Brasileira

Dentre os muitos estudantes da rede municipal de Ipatinga que participaram da XXI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), no mês de maio, a aluna do 9º ano, Eduarda Maressa Viegas Silva, de 14 anos, obteve o mais expressivo resultado na prova, e hoje exibe sorriso e gratidão pela nota de 9,5. A adolescente, que é estudante da Escola Municipal Altina Olívia Gonçalves, no bairro Iguaçu, recebeu essa semana uma homenagem especial em reconhecimento ao seu feito. Além da boa nota, Eduarda foi convidada pela organização da OBA para participar de uma seletiva para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2019.

Criada há 20 anos pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é um importante referencial de conhecimento, reconhecido pelas mais respeitadas instituições de ensino. A prova contou com a participação de alunos de escolas públicas e privadas de todo o país, e neste ano foi realizada no dia 18 de maio.

Secom/PMI

Direção da escola Altina, Nardyello Rocha, aluna Eduarda Maressa e secretária de Educação, Eva Sônia

A cerimônia especial organizada pela Secretaria de Educação de Ipatinga, na quinta-feira, contou com a presença do prefeito Nardyello Rocha, que parabenizou a estudante e os profissionais da escola que trabalharam para estimular a participação dos alunos na competição.

A representante comercial Maria Viegas Silva, mãe da aluna Eduarda Maressa, esteve na cerimônia de homenagem, e se disse extremamente orgulhosa com o desempenho da filha. “Ela é muito dedicada e motivo de grande satisfação para toda a família. Já conquistou vários prêmios na área da educação”, comemora.

A estudante Eduarda Maressa Viegas Silva fez um agradecimento especial aos professores e diretores, uma vez que ela estuda na escola Altina desde os seis anos de idade. “É um orgulho receber essa homenagem e poder futuramente representar a minha escola e meu município em nível nacional. Depois que recebi esse resultado positivo na prova da OBA, me interessei ainda mais por astronomia”, comentou, entusiasmada.

Destaques do município

Além de Eduarda Maressa, outros alunos da rede municipal de ensino que realizaram a prova também foram destaques. Quinze do 6º ao 9º ano e oito do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental foram classificados com médias acima dos 8 pontos na prova, que totalizava 10 pontos.

Os estudantes-destaque são das seguintes escolas: E. M. Altina Olívia Gonçalves, do bairro Iguaçu – cinco alunos do 4º e 5º ano e dois do 6º ao 9º ano; E. M. Paulo Freire, do bairro Parque das Águas – um aluno do 4º e 5º ano; E. M. Deolinda Tavares Lamego, do Bethânia – dois alunos do 6º ao 9º ano; E. M. Padre Bertollo, do bairro Cidade Nobre – um aluno do 6º ao 9º ano; E. M. Padre Cícero, do Bom Retiro – dois alunos do 6º ao 9 ano, e E. M. Zélia Duarte Passos, do Bethânia – oito alunos do 6º ao 9º ano.

O resultado nacional e oficial, com o ranking dos municípios participantes, somente será divulgado em outubro e estará disponível no site www.oba.org.br.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: