Hospital em Timóteo mantém suspensos atendimentos pelo SUS

Alex Ferreira

Desde o dia 3 deste mês, o Hospital São Camilo/Vital Brazil atende pelo SUS apenas os casos de urgência e emergência

Nesta quarta-feira (26) vão se completar 24 dias que estão suspensos os atendimentos eletivos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital São Camilo/Vital Brazil, em Timóteo. A informação foi confirmada pela assessoria de Comunicação da Sociedade Beneficente São Camilo, mantenedora da instituição hospitalar. Somente os casos de urgência e emergência são atendidos na unidade. Já os pacientes que possuem planos de saúde são atendidos normalmente.

A administração municipal de Timóteo informou, por meio de nota, que diante do problema de inadimplência do governo do estado com o Hospital e Maternidade Vital Brazil/São Camilo, a Secretaria Municipal de Saúde continua atenta aos desdobramentos do problema, por impactar diretamente nos atendimentos aos cidadãos timoteenses. “O município reivindicou, junto ao Hospital e Maternidade Vital Brazil, a garantia de que o fluxo dos atendimentos aos usuários seja mantido, segundo os critérios técnicos do Protocolo de Manchester”, afirmou.

A nota ressalta que, ao mesmo tempo, a Secretaria Municipal reforçou os atendimentos pelas 16 equipes da Estratégia de Saúde das Famílias (ESF) com médicos, enfermeiras e técnicas em enfermagem, e no Centro de Saúde João Otávio, com atendimento 24 horas.

Dívida

No dia 3 deste mês, a Sociedade Beneficente São Camilo anunciou a suspensão dos atendimentos eletivos pelo SUS no hospital. A alegação era que o Estado de Minas Gerais descumpriu com as obrigações previstas no contrato nº 0052/2016, referentes aos repasses dos meses de abril (R$ 397.477,04), maio (R$ 397.477,04) e junho (R$ 597.477,04), que totalizavam um débito de R$ 1.392.431,12.

Dívida reconhecida

Procurada pelo Diário do Aço, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informou que, em relação aos pagamentos para o Hospital Vital Brazil, em Timóteo, o referido hospital recebeu, em 2017, um valor de R$ 13.284.229,22 referentes às fontes federal, estadual, Pro-Hosp Gestão Compartilhada e Pro-Hosp Rede de Urgência e Emergência. “Já para o ano de 2018, o Hospital faz jus ao recebimento de um montante no valor de R$ 8.093.333,31 até a competência de julho/2018, tendo sido pago, até o momento, o valor de R$ 6.723.341,78. Vale ressaltar que a competência referente a agosto/2018 é comandada no mês de setembro”, afirma.

Em relação aos pagamentos pendentes, o governo estadual ressaltou que o Estado de Minas Gerais enfrenta um severo déficit financeiro decorrente do aumento de despesas pela insuficiência de receita, refletindo em todos os seus órgãos. “Dessa forma, o Governo de Minas Gerais decretou situação de calamidade financeira em 2016. Diante disso, a SES-MG está se esforçando para honrar os compromissos pactuados, manter suas ações e dar os melhores encaminhamentos possíveis, com a urgência que o tema requer”, concluiu a nota.

Entenda

O Hospital São Camilo/Vital Brazil, que é referência para Timóteo e cidades vizinhas, já suspendeu os atendimentos eletivos pelo SUS por três vezes nesse ano, por causa dos atrasos nos repasses financeiros. A primeira foi uma paralisação de alerta, por 24 horas, entre os dias 3 e 4 de abril. A segunda ocorreu entre 26 de junho e 9 de julho. Já a terceira teve início no dia 3 de setembro e, até hoje, não voltou ao normal. Todos os casos estão relacionados ao atraso do repasse de verba do governo estadual.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: