Ipatinga amplia assistência a pacientes que têm Tratamento Fora do Domicílio

Secom/ PMI

Administração municipal passa a oferecer hospedagem e alimentação a pacientes e acompanhantes, em casa de apoio de BH, medida beneficia 1000 pessoas por mês

Pacientes de Ipatinga que necessitam se deslocar para a capital mineira em busca de tratamento de saúde fora do domicílio (TFD) já têm, desde o início deste mês, uma assistência mais ampla do que apenas o fornecimento de transporte. Com o credenciamento da casa de apoio Hospedagem das Virtudes, em Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Saúde passa a fornecer também acomodação temporária a pacientes e acompanhantes, com alimentação balanceada e mais conforto durante o tratamento.

A medida traz de volta benefícios de uma assistência integral à saúde, como eram garantidos aos munícipes no primeiro mandato do prefeito Sebastião Quintão, mas que, ao longo dos últimos governos, acabaram sendo retirados.
Sem a casa de hospedagem, as despesas realizadas pela Secretaria de Saúde de Ipatinga no TFD eram relativas a transporte, mais as diárias para alimentação no valor total de R$ 25, dos quais, R$ 8,40 repassados pelo SUS e R$ 16,60 de contrapartida do município. Nas situações em que o paciente necessitava de pernoite, o valor destinado era de R$ 60. Desse total, R$ 24,75 vinham do SUS e R$ 35,25 complementados pelo município, sempre para pacientes e acompanhantes.

“Nós sabemos que esse valor é irrisório diante dos gastos em viagem que qualquer pessoa tem ao sair da sua cidade. Fornecer a ajuda de custo e o transporte é obrigação de qualquer município que cumpre suas responsabilidades diante da lei”, pontuou o prefeito Sebastião Quintão. “A pessoa enferma” – ele acrescenta – “precisa de amparo no momento que sua saúde está fragilizada. Acolher esses pacientes com conforto e dignidade é o compromisso que agora cumprimos com o credenciamento da casa de apoio. Vamos trabalhar para fazer mais e melhor na área da Saúde, especialmente para a população mais carente”, reafirmou o chefe do Executivo.

Médico e secretário de Saúde de Ipatinga, Ededwin Windsor, ressaltou que “ao sair de Ipatinga com a garantia do transporte, hospedagem e alimentação o paciente ganha em tranquilidade e equilíbrio emocional, o que reflete diretamente na sua recuperação. Nosso compromisso é sobretudo com a vida, humanizando o atendimento e garantindo uma assistência mais completa aos munícipes que utilizam o serviço”, afirma.

O paciente acolhido na casa de apoio recebe roupa de cama e toalha, com direito ainda a realizar até quatro refeições, sendo café da manhã, almoço, café da tarde e jantar, durante sua estadia. Diariamente, o município enviará a Belo Horizonte, pelo TFD, 50 pacientes, totalizando por mês 1.000 beneficiados, que a partir de agora deixarão de receber ajuda de custo para terem uma assistência mais completa.

TFD

O Tratamento Fora do Domicílio (TFD) é um instrumento legal que visa garantir, por meio do SUS, tratamento médico de média e alta complexidade a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município de origem por falta de condições técnicas. Quando esgotados todos os meios de tratamento na localidade de residência, o paciente é avaliado por médicos e direcionado ao atendimento fora domicílio.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: