Justiça aceita denúncia de vítimas e João de Deus vira réu por crimes sexuais

O médium João de Deus virou réu nesta quarta-feira (9). Ele está preso desde 16 de dezembro e vai responder pelos crimes de violação sexual mediante fraude e estupro de vulnerável.

A juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da comarca de Abadiânia, aceitou a denúncia de quatro vítimas, mas o caso é sigiloso.

Centenas de mulheres acusam o médium de abusos sexuais durante o tratamento espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia. A defesa do médium nega os crimes.

Também nesta quarta-feira, a Polícia Civil ouviu o depoimento de João de Deus no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em Goiás, sobre inquérito que apura o porte ilegal de arma de fogo. Em dezembro, a polícia goiana apreendeu armas e dinheiro em endereços ligados ao médium.

Nesta semana, o Ministério Público de São Paulo começou a analisar novas denúncias sobre João de Deus, encaminhadaS pela ativista Sabrina Bittencourt.

Ela entregou documentos sobre suposta participação do médium em quadrilha que escravizava mulheres e traficava bebês. O órgão encaminhou os dados para análise do Ministério Público de Goiás e Ministério Público Federal.

*As informações são da Radioagência Nacional.

G.J

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: