Número de lesões ortopédicas correspondem quase 70% dos casos

Divulgação

Médico do HMVB fala dos casos comuns em cirurgias em Timóteo

Neste dia 19 de setembro comemora-se o Dia do Ortopedista, profissional que atua no hospital e que atende a traumas, faz cirurgias corretivas, ajuda a tratar problemas reumáticos, entre outros.

No Hospital e Maternidade Vital Brazil, em Timóteo, o médico ortopedista, Belmiro Costa Neto, membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia desde 2015 e especialista em trauma cirúrgico pela Unifesp – Escola Paulista de Medicina, destaca que o maior volume de atendimento em Timóteo está relacionado a traumas ortopédicos (contusões, luxações e fraturas), chegando a 70 % dos casos.

“Nossa experiência com sucesso de recuperação ocorre em quase todos os casos, tendo nossa equipe uma experiência muito boa no tratamento de recuperação e reabilitação dos pacientes vítimas de trauma ortopédico ou lesões associadas à traumas esportivos com reconstruções ligamentares”, revela.

A equipe de ortopedia do HMVB conta com 10 ortopedistas que atendem diretamente no Hospital, e mais quatro que operam no hospital via pacientes externos.

Formado em Medicina pela Universidade Gama Filho (RJ) em 2009, o médico Belmiro Neto atende no HMVB desde janeiro de 2016. Dentre as atribuições da função, com a equipe, ele faz semanalmente cirurgias de artroplastias de substituição, das quais a maioria é a artroplastia de substituição do quadril, seja por fratura ou por alterações degenerativas que acometem essa articulação.

Cuidados

O ortopedista destaca ainda que os cuidados dos pacientes com próteses estão relacionados aos cuidados com ferida operatória e a necessidade de mobilidade e reabilitação precoce.

“O médico deve ter o cuidado pré-operatório de indicar o melhor implante e o cuidado durante o procedimento para evitar contaminações do material”, reforça. Em caso de procedimento de amputação, isso ocorre apenas como último recurso, em que o membro acometido esteja causando risco de vida ao paciente, seja por traumatismo grave, complicações vasculares ou neurológicas associadas ao diabetes.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: