Orçamento Participativo está de volta a Timóteo

Divulgação

Adriano Alvarenga: "Cabe aos vereadores apresentar as emendas ao orçamento municipal, e estas traduzirão a vontade popular"

Com a intenção de oferecer à comunidade a oportunidade de decidir como será aplicado parte do orçamento municipal do próximo ano, foi lançado, na Câmara Municipal de Timóteo, o programa Orçamento Participativo. Representantes dos poderes Executivo e Legislativo, de entidades representativas, estabelecimentos de ensino, lideranças comunitárias e populares compareceram em apoio ao evento.

Em seu discurso de abertura, o presidente da Casa Legislativa, Adriano Alvarenga, destacou a importância da participação popular na gestão pública. “O Legislativo quer inovar, dar voz e vez à população, democratizar as políticas públicas. Cabe aos vereadores apresentar as emendas ao orçamento municipal, e estas traduzirão a vontade popular, por meio das propostas sugeridas pessoalmente na câmara ou via internet”, afirmou.

Presente na reunião, o representante do Juizado de Menores, Vicente Paulo, destacou ser essa uma das principais ações feitas no município nos últimos anos: “A volta da participação popular representa que a população ganha voz novamente. Legislar é dar voz ao povo e eu fico feliz de voltar aqui depois de tantos anos com a certeza que poderemos participar ativamente das decisões do município. Parabéns aos vereadores pela volta do Orçamento Participativo”, disse.

Como participar

As pessoas que quiserem participar devem ter 16 anos ou mais e residir em Timóteo. As sugestões podem ser entregues pessoalmente na Câmara ou por meio da plataforma digital disponibilizada no site oficial: www.timoteo.mg.leg.br. Todas as propostas apresentadas serão analisadas pela Comissão de Orçamento e Finanças Públicas da Câmara. As propostas aprovadas serão encaminhas ao plenário para serem votadas pelos vereadores.

As sugestões para o orçamento participativo podem ser feitas até o dia 5 de dezembro. Após essa data, os projetos serão analisados pela comissão. No dia 15 de dezembro, as propostas aprovadas serão votadas em plenário, e em seguidas encaminhadas para a Administração Municipal sob a forma de emendas.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: