Pacheco desiste do governo e será candidato ao Senado por chapa tucana

Um encontro com o predidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o candidato a presidente Geraldo Alckmin, ambos do PMDB, teria convencido Pacheco


Rodrigo Pacheco (DEM) não será candidato ao governo do Estado e disputará o Senado, em outubro. A decisão ocorreu nesta segunda-feira (6), um dia após o Democratas anunciar sua candidatura ao Palácio da Liberdade. 

Uma reunião realizada hoje entre Pacheco e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), teriam convencido o candidato a disputar o Senado pela chapa do pré-candidato ao governo de Minas Antônio Anastasia (PMDB). 

A aliança entre o Democratas e o PMDB também tem impacto no ambiente nacional. O candidato à presidência da República Geraldo Alckmin (PMDB) também teria participado da reunião com Pacheco. 

Ao Senado, serão duas vagas. Pela chapa dos tucanos, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) Dinis Pinheiro (Solidariedade) já foi confirmado. A outra, até então, era especulada para o jornalista Carlos Viana (PHS). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: