Paciente é diagnosticado com variante de Manaus em Leopoldina

Em Minas Gerais, 20 cidades já tiveram registros de novas cepas

Um paciente de Leopoldina, na Zona da Mata, foi diagnosticado com a variante brasileira P1 do novo coronavírus. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde nessa quinta-feira (17).

Inicialmente, a variante P1 foi encontrada em Manaus. No sábado (12), Leopoldina já havia confirmado um caso da variante P2, que foi identificada no Rio de Janeiro, mas que está em circulação no país desde outubro do último ano.

Conforme a secretaria, a cepa exige preocupação já que pode “aumentar a demanda nos serviços de saúde, por ser mais transmissível”. Além disso, em comunicado, a pasta explicou que outras cepas foram localizadas na região e podem estar em circulação no município.

Até o momento, 20 cidades constam registros de variantes no Estado. Além das cepas de Manaus e do Rio de Janeiro, foram notificadas variantes do Amazonas, Reino Unido e Índia.

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: