28 Congresso
Amirt

País se comove com a morte do jornalista Toninho Drummond

Por: Agência Amirt 27/03/2018 11:34

Toninho teve destaque na imprensa nacional e recebeu importantes prêmios ao longo da sua trajetória, como o Engenho de Comunicação, sendo considerado personalidade da comunicação


toninho-drummond

Jornalista mineiro Toninho Drummond morreu aos 82 anos (Foto: Reprodução)

Na última sexta-feira, 23 de março, o jornalismo brasileiro perdeu um dos seus maiores representantes. O mineiro Antônio Carlos Drummond morreu aos 82 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos. Toninho Drummond, como era conhecido, é natural de Araxá, no Alto Paranaíba, e foi responsável pela implantação do jornalismo em um dos grupos mais influentes de comunicação no Brasil, a Rede Globo, além de realizar papel de destaque na imprensa nacional, com a realização de grandes coberturas.

Em Belo Horizonte, Toninho iniciou sua carreira como jornalista na década 1960, quando cobriu a polícia e a política no jornal O Estado de Minas, um dos veículos mais conceituados de Minas Gerais. Fundou a TV Jaguara, a atual TV Integração Araxá. Destacou-se na cobertura de eventos políticos no Brasil, e se mudou para Brasília, onde trabalhou por 25 anos na direção da sucursal da capital brasileira, até se aposentar em julho de 2012. Durante sua trajetória, recebeu importantes prêmios, como Engenho de Comunicação, sendo considerado uma personalidade da comunicação.

O destaque e a comoção da perda para o jornalismo foi de grande repercussão. A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abert) foi uma das que emitiu uma nota oficial de pesar. “Toninho Drummond deixa um importante legado de dedicação e compromisso com o jornalismo. Além de grande profissional, Toninho Drummond foi uma personalidade que conquistou uma legião de amigos e admiradores”, diz a nota assinada pelo presidente da entidade, Paulo Tonet.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal reconheceu o brilhante papel de Toninho para o papel político brasileiro e ressaltou que ele “acompanhou a evolução da história política da capital”. O presidente da República, Michel Temer, também destacou a importância de Toninho Drummond para o jornalismo brasileiro. Em nota divulgada em sua rede social, Temer desejou pesares e destacou que Toninho “participou de coberturas importantes no País, sempre com profissionalismo e competência”.

Olavo Drummond Filho, diretor presidente da Rede Sintonia de Araxá, é sobrinho de Toninho Drummond, e destacou a importância do tio para o jornalismo mineiro. “A história do jornalista Toninho Drummond, que tanto representou a imprensa mineira no cenário político nacional, é uma história que se difunde a história do Brasil, já que registrou importantes casos durante seus anos”, comentou ressaltando ainda que Toninho “representou com muito orgulho a todos de Araxá”.

G.R

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: