Público total do Ipatingão é liberado oficialmente

Divulgação

Proposta do governo municipal é transformar o espaço numa arena multiuso e atrair grandes jogos para a cidade, com a capacidade total de 22.500 torcedores

Depois da vistoria realizada pela Polícia Militar, na quinta-feira (23), o Estádio Municipal João Lamego Netto, o Ipatingão, obteve a liberação para seu público máximo de 22.500 torcedores. Há dez anos, a presença de torcedores no palco esportivo era limitada por questões de segurança.

O Corpo de Bombeiros já havia emitido um auto de vistoria, no último dia 17, autorizando a capacidade máxima. Contudo, somente após a vistoria da Polícia Militar, que atesta o quesito Segurança, foi liberada oficialmente a realização de grandes jogos e eventos no local. A administração municipal obteve a validação com documentos de todos os organismos fiscalizadores: Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais – CREA e Vigilância Sanitária.

Uma partida histórica

O último jogo com capacidade total do estádio autorizada data de uma década, ainda no primeiro mandato do prefeito Sebastião Quintão. Foi na noite de 13 de novembro de 2007, entre Ipatinga e Marília-SP, pelo Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão. O Tigre venceu a partida por 3 a 2, com dois gols de Gérson Magrão e um do artilheiro Alessandro, fazendo explodir a alegria nas arquibancadas, com sua ascensão à Série A. Havia 22 mil pessoas presentes, que festejaram como nunca o heroico resultado numa partida equilibrada e de muitas emoções.

Força-tarefa

Segundo o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Carlos Oliveira, “o prefeito Sebastião Quintão nos solicitou ainda no início do mandato, mesmo o Ipatingão estando de portas fechadas e sem qualquer condição técnica ou física para sediar jogos, que providenciássemos de algum modo, sem custos aos cofres públicos, o soerguimento do estádio, para que pudesse retomar os seus tempos áureos”.

Para atender às exigências de segurança e especialmente de prevenção contra incêndios, a Prefeitura de Ipatinga, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, empenhou uma verdadeira força-tarefa em ações diversas no estádio, contando com o serviço voluntário de várias pessoas e parcerias público-privadas.

Conforme ressaltou o secretário, “mais do que comemorar a reabertura da totalidade do Ipatingão, a administração municipal tem que agradecer o envolvimento de todos. Desde a recuperação total do gramado até o cumprimento das adequações técnicas, várias pessoas, diferentes secretarias da Prefeitura, o Poder Legislativo, empresas privadas, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Vigilância Sanitária, CREA, entre outros, estiveram mobilizados. Quero agradecer também ao engenheiro Adeilson Viana da Silva, responsável técnico voluntário, que nos ajudou nas vistorias e laudos do Ipatingão”.

Arena multiuso

Carlos Oliveira ainda acrescentou: “Nossa proposta é transformar o equipamento público em uma arena multiuso. Já estamos em contato com grandes clubes de Minas Gerais e do Brasil. Preciso informar ao torcedor, principalmente de Cruzeiro e Atlético, que já no início do ano teremos grandes jogos dessas agremiações no estádio, para atender bem o seu torcedor que já está desacostumado de ver seus ídolos de perto. Podem ter certeza: nossa proposta é bem maior que apenas a de sediar jogos. As ações do governo no Ipatingão também são parte de um amplo projeto voltado para o reaquecimento da economia da cidade”, concluiu.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: