Pelo menos 2.000 empregos serão gerados com usinas reativadas no Triângulo Mineiro

Duas usinas do setor canavieiro vão ser reativadas no Triângulo Mineiro. Pelo menos 2.000 empregos vão ser gerados. Com isso, o setor vai recuperar 15% das 12 mil vagas fechadas em 2008.

O processo de moer vai começar somente em 2020, porém os empreendedores já iniciaram o plantio de cana para a produção de açúcar, álcool e energia.

As unidades foram compradas no final do ano passado por R$ 340 milhões de sem leilões. Serão destinados para os investimentos R$ 200 milhões.

Em Canápolis a usina foi comprada por acionistas da Companhia Mineira de Açúcar e Álcool em um leilão realizado no dia 7 de dezembro do ano passado.  O grupo já possui uma unidade em Uberaba e Limeira do Oeste. Vão ser investidos R$ 100 milhões na usina.

Já a antiga usina Vale do Paranaíba foi adquirida pelo grupo Japungu da Paraíba,que pretende investir R$ 95 milhões de reais. As plantações de cana-de-açúcar também já foram iniciadas pelo grupo.

Para a safra 2018/2019, a Associação das Indústrias Sucroenergética de Minas espera colher 65 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Além disso, o presidente da Siamig, Mário Campos, disse que tem expectativa de um novo recorde para a produção de etanol.

Anexos para downloads:

7 comentários em “Pelo menos 2.000 empregos serão gerados com usinas reativadas no Triângulo Mineiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: