PF prende quadrilha que fraudava contratos da Previdência Social no norte de Minas

Uma operação feita Polícia Federal desarticulou nesta manhã, um a quadrilha que cometia fraudes na Previdência Social no norte de Minas.

O trabalho foi conjunto da PF com a Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda.

A operação nomeada de “Constrição”cumpriu dois mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária, sete de condução coercitiva e 12 de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Federal, foi constatada na investigação que os  criminosos escolhiam contratos previdenciários fraudulentos, em troca de obter vantagem indevida, como empréstimos consignados com valores altos. A maioria dos contratos eram feitos em nomes de aposentados por idades e de produtores rurais.

O rombo da fraude nos cofres da Previdência Social mineira chegou a R$ 486 mil registrados em março deste ano.

A quadrilha presa pela Polícia Federal esta manhã acusada de desviar recursos da Previdência mineira vão ser indiciados por estelionato, falsidade ideológica, organização criminosa e inserção de dados falsos em sistemas de informações.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: