PMI anuncia Mutirão de Cirurgias para atender mais de 700 pessoas

Wôlmer Ezequiel

Sebastião Quintão durante o anúncio do Mutirão de Cirurgia

O prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão, lança na manhã desta quinta-feira (18), no hall da prefeitura, o Mutirão de Cirurgias de Catarata e Cirurgias Eletivas – que inclui atendimento a casos de adenoide, amígdala, ortopedia, varizes, dentre outros -, além de prever o tratamento de problemas de glaucoma. Mais de 700 usuários da rede pública de Saúde que aguardavam na fila de espera dede 2010 serão beneficiados com os procedimentos cirúrgicos.

Para garantir o atendimento à população, a atual administração está realizando um investimento de mais de R$ 500 mil. Foram firmados novos convênios com o Hospital de Olhos Vale do Aço, Núcleo Avançado em Oftalmologia e Hospital Márcio Cunha. As unidades hospitalares e clínicas conveniadas com a Prefeitura de Ipatinga vão garantir toda a parte de exames, consultas, tratamento e cirurgias que são necessários aos pacientes.

A previsão é de que sejam realizadas em três meses de cirurgias de catarata. Os casos de tratamento de glaucoma deverão ser atendidos em 30 dias e a demanda de cirurgias eletivas deverá ser esgotada em seis meses.

Segundo o prefeito Sebastião Quintão, essas medidas que foram anunciadas são uma resposta sobre o compromisso do governo com a população de mudar os rumos da saúde no município. “Negociadas as inúmeras pendências com fornecedores, que herdemos do governo anterior e comprometiam vários serviços essenciais. Nossa administração está trabalhando para assegurar à população níveis de excelência em atendimento na área de saúde. Estamos empenhados também em recompor o quadro de à coletividade, além de reativar o programa Remédio em Casa, que fez grande sucesso em nosso primeiro mandato”, informou o prefeito.

Mak Lenon Alves ressaltou que o mutirão irá evitar despesas para o município

O diretor do Departamento de Regulação da Secretaria de Saúde, Mak Lenon Alves, comentou ao Diário do Aço sobre a importância de fazer o mutirão de cirurgias. “Esses pacientes seriam enviados para Belo Horizonte, porém o município optou por realizar as cirurgias aqui na cidade, o que vai gerar uma economia enorme para o munícipio. Além disso, o paciente tem a conforto de ter o pós-cirúrgico em casa”, afirma.

O diretor também explica que os usuários da rede pública de saúde, que necessitam de procedimentos cirúrgicos de catarata, glaucoma, dentre outras especialidades, deverão procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa para realizar a consulta médica inicial.

Joselina Pedrosa da Silva aguarda a cirurgia de glaucoma há dois anos

Umas das pacientes contempladas com esse mutirão, Joselina Pedrosa da Silva, de 62 anos, destacou sua emoção por saber que terá a cirurgia de glaucoma que aguarda desde 2015. “Fiquei dois anos na fila esperando para fazer uma cirurgia de glaucoma. Estou muito alegre, mesmo com muito tempo de espera. Eu aguardei com paciência no Senhor. Eu sabia que o Senhor iria me ajudar com essa cirurgia. Então estou feliz demais, principalmente com o prefeito, porque as minhas vistas estão embasadas. Não estou enxergando direito, mesmo com os óculos”, ressalta.

MAIS FOTOS

Postado originalmente por: Diário do Aço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: