Quase três anos após tragédia, igreja que escapou da lama em Mariana será demolida

Igreja é dedicada a São Bento, padroeiro da comunidade.
Igreja é dedicada a São Bento, padroeiro da comunidade

Pouco antes da tragédia ambiental causada pelo rompimento de uma barragem da Samarco, que destruiu o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na região Central de Minas, completar três anos, a igreja Nossa Senhora das Mercês, que escapou das lamas na época será demolida. A decisão foi aprovada na última segunda-feira (17). O templo, do século 18, é dedicado a São Bento, padroeiro da comunidade.

Um dossiê do tombamento feito e, por unanimidade, foi acordado pelo Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (Conep), na sede do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), em Belo Horizonte, que a igreja será demolida.

Na época do rompimento, a igreja não foi atingida por estar localizada em uma área mais alta, porém, foi constatado que o templo foi alvo de bandidos. De acordo com uma equipe arqueológica que visitou o local, logo após o desastre, os cadeados das portas estavam arrombados.

Agora a igreja passa a ser protegida pelo Conep e pelo governo de Minas.

V.V

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: