Reestruturação do Otto recebe apoio regional

Após anúncio do fechamento definitivo do Hospital Otto Krakauer pela diretoria da Fundação Beneficente São João da Escócia, mantenedora do hospital, veiculado em todos os meios de comunicação de nossa região, houve uma mobilização por parte da sociedade, inclusive com o apoio de deputados e prefeitos eleitos para próxima gestão, além de líderes da sociedade passense e regional. Por iniciativa do Deputado Emidinho Madeira, uma comissão com a finalidade de realizar um leilão em prol do Otto Krakauer está se mobilizando para a realização do 1• Leilão do Hospital Otto Krakauer no próximo dia 17/12, no Sinrural em Passos. Paralelo a isso, no dia 01/12/16, na sede da Secretaria Regional de Saude em Passos, ocorreu uma reunião com a diretoria da Fundação Beneficente São João da Escócia, representante do Ministério Público, o promotor Eder Capute, representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Passos e representantes da Secretaria Estadual de Saúde, os quais vieram formalmente comunicar a superação do HOK, já que o Estado de Minas Gerais, bem como os demais estados, de acordo com a Lei nº 10.216, de 6 de abril de 2001, tem como um dos principais objetivos a desinstitucionalização dos pacientes com transtorno mental, ou seja, o fechamento dos hospitais psiquiátricos e o atendimento feito nos municípios por meio da RAPS (Rede de Atenção Psicossocial). Não restando outra alternativa senão a reestruturação do Hospital Otto Krakauer, que foi anunciada em reunião realizada no dia 02 de dezembro entre a diretoria da Fundação Beneficente São João da Escócia, mantenedora do hospital, o deputado estadual Emidinho Madeira e a Comissão Pró-Otto, que estão na mobilização para a realização do leilão do próximo dia 17/12. O novo modelo pretende adequar a entidade para atender em forma de um consórcio de saúde, cidades da região que tenham interesse no atendimento de pacientes. Ainda conforme o presidente da FBSJE, Audir Ribeiro de Abreu, como esta situação já vinha sendo anunciada pelos representantes do governo, apesar de termos demanda para atendimento de internação, o Estado afirma que terá como montar a RAPS. Juntamente com o apoio de nossos deputados e dos novos prefeitos eleitos, além da comissão Pro-Otto, uniremos para mudar a maneira destas internações e não fechar o hospital. Vamos sim readequar. Atender pacientes de álcool e drogas, internar particular, com parceria com os municípios onde as RAPS não forem implementadas, esta é a idéia. Também contamos com a ajuda do deputado estadual Cássio Soares que está alinhado conosco para a criação de um laboratório para exames clínicos e na busca por vender serviços em que o governo tenha interesse de comprar”, salientou Audir. Para o deputado estadual Emidinho Madeira deixar o Hospital Otto Krakauer fechar é um retrocesso. “Vamos voltar à Idade da Pedra? Se o hospital fechar ele não reabre nem reestruturado. O mais importante e principal ferramenta aqui no Otto não é este prédio, são os profissionais altamente capacitados que aqui se dedicam há anos. Pessoas que conseguem de maneira rápida entender o paciente surtado e dar qualidade de vida a ele e a seus familiares. Este é o maior bem do hospital e se nós deixarmos fechar, aí fica muito difícil reabrir, com qualquer outra forma de atendimento. Então, entendemos sim, que seja necessária a mobilização de todas as cidades da região, que sempre utilizaram e utilizam os serviços desaúde mental do Otto. Vamos promover um leilão dia 17 de dezembro em Passos que é pra ser o maior que já fizemos. As pessoas da nossa região são voluntárias e tenho certeza que os produtores rurais vão aderir à causa do Otto e vamos lotar este leilão de doadores e arrematadores”, disse Emidinho. Comissão Pró-Otto vai fazer 1 º Leilão de animais do HOK Para que esta reestruturação do Hospital Otto Krakauer seja efetivada é necessária a reforma de algumas áreas do HOK e neste sentido a Comissão Pró-Otto vai fazer algumas ações, dentre elas o 1º Leilão de Animais do Hospital Otto Krakauer no dia 17 de dezembro no Parque de Exposições de Passos com a expectativa de arrecadar recursos para dar início a estas mudanças. A comissão vai trabalhar voluntariamente com acaptação de recursos para a readequação do hospital e o atendimento em novas modalidades. O leilão de gado é o primeiro, mas será realizado outro leilão de móveis rústicos, a campanha do carnê empresa parceira e o campanha Centavo Amigo. “Nós não podemos deixar esta instituição que cuidou de tanta gente da região toda fechar as portas. Se fechar não reabre nunca mais. Não deixaremos o Otto engrossar as estatísticas negativas do Passos já teve. Se existe demanda para atendimento nesta área, vamos trabalhar para atender, de outras maneiras. Vamos nos unir, precisamos de todos abraçando esta causa”, convoca a Comissão Pro Otto.que se reuniram na sede do HOK no último dia 28/11. Desse encontro nasceu, através da iniciativa do Deputado Emidinho Madeira, uma comissão com a finalidade de realizar um leilão em prol do Otto Krakauer já no próximo dia 17/12, no SINRURAL em Passos. Paralelo a isso, no dia 01/12/16, na sede da Secretaria Regional de Saude em Passos, ocorreu uma reunião com a diretoria da Fundação Beneficente São João da Escócia, representante do Ministério Público (Dr Eder Capute), representantes da Secretaria Municipal de Saude de Passose representantes da Secretaria Estadual de Saude, os quais vieram formalmente comunicar a superação do HOK, já que o Estado de Minas Gerais, bem como os demais estados, de acordo com a Lei nº 10.216, de 6 de abril de 2001, tem como um dos principais objetivos a desinstitucionalização dos pacientes com transtorno mental, ou seja, o fechamento dos hospitais psiquiátricos e o atendimento feito nos municípios por meio da RAPS (Rede de Atenção Psicossocial). Não restando outra alternativa senão a reestruturação do Hospital Otto Krakauer, que foi anunciada em reunião realizada na última quinta feira (02) entre a diretoria da Fundação Beneficente São João da Escócia, mantenedora do hospital, o deputado estadual Emidinho Madeira e a Comissão Pró-Otto, que estão na mobilização para a realização do leilão do próximo dia 17/12. O novo modelo pretende adequar a entidade para atender em forma de um consórcio de saúde, cidades da região que tenham interesse no atendimento de pacientes. Ainda conforme o presidente da FBSJE, Audir Ribeiro de Abreu, como esta situação já vinha sendo anunciada pelos representantes do governo, apesar de termos demanda paraatendimento de internação, o Estado afirma que terá como montar a RAPS. Juntamente com o apoio de nossos deputados e dos novos prefeitos eleitos, além da comissão Pro-Otto, uniremos para mudar a maneira destas internações e não fechar o hospital. Vamos sim readequar. Atender pacientes de álcool e drogas, internar particular, com parceria com os municípios onde as RAPS não forem implementadas, esta é a idéia. Também contamos com a ajuda do deputado estadual Cássio Soares que está alinhado conosco para a criação de um laboratório para exames clínicos e na busca por vender serviços em que o governo tenha interesse de comprar”, salientou Audir. Para o deputado estadual Emidinho Madeira deixar o Hospital Otto Krakauer fechar é um retrocesso. “Vamos voltar à Idade da Pedra? Se o hospital fechar ele não reabre nem reestruturado. O mais importante e principal ferramenta aqui no Otto não é este prédio, são os profissionais altamente capacitados que aqui se dedicam há anos. Pessoas que conseguem de maneira rápida entender o paciente surtado e dar qualidade de vida a ele e a seus familiares. Este é o maior bem do hospital e se nós deixarmos fechar, aí fica muito difícil reabrir, com qualquer outra forma de atendimento. Então, entendemos sim, que seja necessária a mobilização de todas as cidades da região, que sempre utilizaram e utilizam os serviços desaúde mental do Otto. Vamos promover um leilão dia 17 de dezembro em Passos que é pra ser o maior que já fizemos. As pessoas da nossa região são voluntárias e tenho certeza que os produtores rurais vão aderir à causa do Otto e vamos lotar este leilão de doadores e arrematadores”, garante Emidinho. Comissão Pró-Otto vai fazer 1 º Leilão de animais do HOK Para que esta reestruturação do Hospital Otto Krakauer seja efetivada é necessária a reforma de algumas áreas do HOK e neste sentido a Comissão Pró-Otto vai fazer algumas ações, dentre elas o 1º Leilão de Animais do Hospital Otto Krakauer no dia 17 de dezembro no Parque de Exposições de Passos com a expectativa de arrecadar recursos para dar início a estas mudanças. A comissão vai trabalhar voluntariamente com acaptação de recursos para a readequação do hospital e o atendimento em novas modalidades. O leilão de gado é o primeiro, mas será realizado outro leilão de móveis rústicos, a campanha do carnê empresa parceira e o campanha Centavo Amigo. “Nós não podemos deixar esta instituição que cuidou de tanta gente da região toda fechar as portas. Se fechar não reabre nunca mais. Não deixaremos o Otto engrossar as estatísticas negativas do Passos já teve. Se existe demanda para atendimento nesta área, vamos trabalhar para atender, de outras maneiras. Vamos nos unir, precisamos de todos abraçando esta causa”, convoca a Comissão Pro Otto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: