Saúde elimina focos do Aedes Aegypti no Cemitério de Coronel Fabriciano

Divulgação

Na ação houve o tratamento químico com larvicida nos recipientes que não poderiam ser descartados

A Secretaria de Governança da Saúde de Coronel Fabriciano realizou, nesta semana, a busca e eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Cikungunya, no Cemitério Municipal. O serviço é feito de 15 em 15 dias para eliminar os focos antes de fechar o ciclo de reprodução do ovo para larva.

Adelson Marcelino de Arruda, Supervisor do Setor de Controle de Zoonoses e Endemias, ressalta que o trabalho foi realizado de forma organizada para conseguir cobrir todas as quadras do cemitério. “Os vasos de flores que poderiam acumular água foram furados, todo o lixo e materiais que poderiam acumular água foram retirados e acondicionados em sacos plásticos para descarte”, explicou.

Houve ainda tratamento químico com larvicida nos recipientes que não poderiam ser descartados. Além disso, foram prestadas orientações aos responsáveis pelo local, quanto aos cuidados no dia a dia para evitar a proliferação de focos. O Cemitério é considerado um ponto estratégico para esse tratamento, assim como ferro velho e borracharias, que são localidades com maior risco de infestação do mosquito Aedes aegypti.


Postado originalmente por: Diário do Aço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: