Sicoob Vale do Aço lança linha de financiamento com foco socioambiental

Wôlmer Ezequiel

Todas as cooperativas do Sicoob Vale do Aço estão aptas para realizar este serviço

A cooperativa de crédito Sicoob Vale do Aço conta com uma nova linha de financiamento para o seus cooperados. Com base nos princípios do cooperativismo, o Crédito Sustentabilidade foi criado para financiar produtos e serviços com focos na responsabilidade social e ambiental.

Com o Crédito Sustentabilidade, os cooperados podem solicitar o financiamento de projetos de energia fotovoltaica, gerador de energia, aquecedor solar, carrinho elétrico, tratamento de resíduos, redução de poluentes, reflorestamento, recuperação de nascentes, recuperação de áreas degradadas, equipamentos para deficientes físicos, equipamentos auditivos, visuais, odontológicos, hospitalares, agrícolas e suplementos agrícolas.

O gerente de crédito da cooperativa, Edair Costa de Assis, informa que as condições deste novo produto buscam atender as necessidades. “O Crédito Sustentabilidade possui um prazo de financiamento de 60 parcelas com taxas fixas de 1,3%. Ou seja, estamos falando de uma contratação de cinco anos sem a oscilação nos juros. No momento da contratação do crédito, o cooperado saberá exatamente o quanto ele irá pagar até o fim, ainda que a taxa Selic seja elevada neste tempo.”, destaca Edair.

Atualmente, o Sicoob Vale do Aço possui 13 agências nos municípios de Coronel Fabriciano, Dionísio, Ipaba, Ipatinga, Marliéria, Santa Luzia, Santana do Paraíso, Timóteo e Vespasiano. Em agosto, deverá ser inaugurada a 14ª unidade, em Lagoa Santa. Todas as agências estão aptas a realizarem o procedimento para adesão ao Crédito Sustentabilidade.
Em obediência ao princípio de igualdade do cooperativismo, o novo produto possui as mesmas condições de financiamento para pessoas física e jurídica, estabelecidas na zona urbana ou rural. A cooperativa não exige nenhuma entrada para o financiamento, ou seja, a cobertura do crédito é de 100%. Além disso, os bancos convencionais apresentam este modelo de crédito com tarifas fixas de juros a partir de 1,93%.

Edair e Thalita explicam os objetivos e a operação do Crédito Sustentabilidade

A gerente da agência do Horto, Thalita Andrade, explica como realizar a adesão ao financiamento. “O primeiro passo é ser cooperado do Sicoob Vale do Aço. Em seguida, realizar o orçamento do produto ou serviço que deseja ser financiado e que seja coberto por esta linha de crédito. Nos casos de serviços, instalações que exijam anuência de algum órgão como a Cemig, no caso de energia fotovoltaica, é necessário apresentar a aprovação do projeto. Depois é feita a análise para a concessão do crédito e realizado o pagamento”, informa Thalita.

Responsabilidade socioambiental

Para Edair, a nova linha de crédito do Sicoob Vale do Aço incentiva práticas sustentáveis e fomenta o setor agrícola. “O apelo para práticas ambientais tem sido crescente, tanto na zona rural, quanto no ambiente urbano, sobretudo na questão da eficiência energética. Pessoas aliam boas práticas com o lado da economia nos custos fixos. Definitivamente esta é uma tendência social”, destaca.

Thalita destaca a importância da linha para a melhoria de vida das pessoas deficientes ou que dependem de equipamentos hospitalares. “Este financiamento gera a oportunidade da pessoa comprar algum aparelho que ela necessite e que, em condições normais, ela não teria como adquirir. Por exemplo, certos tipos de aparelhos auditivos custam entre R$ 10 mil e R$ 12 mil, com o Crédito Sustentabilidade o cooperado pode adquiri-lo de um modo mais tranquilo”, avalia.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: