Unidade de Oncologia busca ajuda para unidade de prevenção

Divulgação

Membros do Rotary Club e políticos tiveram apresentado projeto para atuar preventivamente na saúde das mulheres em 35 municípios

A Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha apresentou, esta semana, um projeto inovador na prevenção do Câncer de Mama que, se posto em prática, pode salvar a vida de 500 mulheres em cinco anos. O projeto objetiva a aquisição de uma carreta para realização de consultas, mamografias e exames de papanicolau nos mais de 35 municípios atendidos pela unidade. A apresentação foi feita especialmente para o deputado Eros Biondini (PROS), que veio conhecer as dependências da unidade acompanhado do vereador Ademir Cláudio Dias (PROS). A visita foi realizada a convite dos membros do Rotary Club de Ipatinga Archimedes Theodoro, que tiveram acesso ao projeto e buscam recursos para viabilizar a concretização da proposta.

Na ocasião, médico oncologista clínico e coordenador médico do centro o Luciano de Souza Viana, explicou que o desejo da Unidade é trabalhar com a prevenção para que os tratamentos tenham um “resultado mais curativo”.

Conforme o especialista, a estatística mostra que, quando uma paciente sadia descobre em fase inicial o câncer, as chances de cura são maiores que 90%. “Entretanto, atualmente apenas 46% dessas pacientes chegam aqui em estágio inicial. Com essa ideia, de colocarmos uma carreta itinerante fazendo um trabalho de cunho preventivo, a expectativa é que 80% das pacientes cheguem aqui com a doença em fase inicial, tendo uma chance de sobrevida muito maior”, explicou o médico, salientando que o projeto é construído dos moldes da carreta itinerante do Hospital de Barretos, local onde ele trabalhou por onze anos.

Ainda conforme Luciano Viana, para transformar o sonho em realidade, é necessário um investimento de R$ 2,25 milhões, dos quais, R$ 720 mil para aquisição de um mamógrafo móvel, R$ 950 mil para estruturação da unidade de prevenção, R$ 280 mil para aquisição de equipamentos de apoio, R$ 300 mil para equipamentos médicos e outros aparatos tecnológicos. “Por isso estamos buscando apoio junto a parceiros como o Rotary e junto a políticos e outras pessoas interessadas em fazer o bem”, pontuou.

Referência
Gerente da Unidade de Oncologia do HMC, Ledvânia Chaves Ribeiro, informa que atualmente o centro é referência regional no combate ao câncer para cerca de 850 mil de habitantes do Leste Mineiro, em mais de 35 municípios. Realiza, em média, 1.500 quimioterapias, 1.400 radioterapias, 110 atendimentos em medicina nuclear e mais de 3 mil consultas por mês. E, com a carreta itinerante em funcionamento, os atendimentos e consultas aumentarão consideravelmente. “Para isso faremos um trabalho de divulgação e também educativo junto à população que vai receber essa carreta. Vamos buscar apoio nas rádios, levar o projeto até as escolas, fazer palestras para que a população se sinta motivada a visitar a unidade móvel de prevenção”, pontuou.

A expectativa é que as pacientes diagnosticadas com algum indício da doença sejam encaminhas para outros atendimentos na sede física da Unidade o mais rápido possível. “Quando falamos da saúde da mulher, falamos da saúde da família. Só temos que agradecer ao Eros, que já é um parceiro do Hospital Márcio Cunha, e dizer a ele que contamos com o apoio para materializarmos essa ideia. Agradecemos também aos membros do Rotary Club Ipatinga Archimedes Theodoro, por terem aberto as suas portas para nós e abraçado essa causa. Agradecemos também ao vereador Ademir, que, como membro da comissão de saúde da nossa cidade, está sempre tentando nos ajudar de alguma forma”, concluiu.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: