Abras aponta tendência de alta de preços em produtos da cesta básica

Aumento na tarifa de energia elétrica deve influenciar

Levantamento da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) mostra a tendência de aumento de preços de vários produtos da cesta básica de largo consumo para os próximos meses.

Em maio, o ovo e alguns tipos de corte de carne bovina mantiveram a liderança entre os produtos que mais sofreram aumento de preços no acumulado neste ano, de 11,4% e 9,7% respectivamente. Por outro lado, o pernil e o arroz mantiveram a tendência de queda de preços observada nos meses anteriores.

Marcio Milan, vice-presidente da Abras, acredita que, nos próximos meses, o preço dos produtos nos supermercados deve sofrer influência da alta na tarifa de energia elétrica.

O faturamento dos supermercados está apresentando números positivos este ano, com crescimento de 5,32% até maio. Além disso, de acordo com a Abras, no mesmo mês, o setor abriu mais de 30 mil postos de trabalho.

As perspectivas são de manutenção desse cenário positivo nos próximos meses com o pagamento da 2ª parcela do 13º dos aposentados, manutenção do auxílio emergencial até outubro e a continuidade da liberação das restituições de imposto de renda.

Por Radioagência Nacional.

%d blogueiros gostam disto: