Bolsonaro pede a supermercadistas que não aumentem a cesta básica

Durante encontro com empresários, no Rio de Janeiro, o presidente da Republica, Jair Bolsonaro, fez um apelo ao setor supermercadista para que segurem os preços da cesta básica, reduzindo sua margem de lucro.

O encontro aconteceu em um hotel na zona oeste do Rio organizado pelo grupo Rio Produtivo, que é formado por 11 entidades empresariais do estado. Também participaram parlamentares e o governador Claudio Castro.

O presidente não falou com a imprensa.O senador Flávio Bolsonaro, que participou do encontro disse que o pai demonstrou preocupação com a inflação dos alimentos.

O presidente da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro, Fábio Queiroz, lembrou que essa inflação sofre influência da alta do dólar.

Os empresários entregaram uma carta com reivindicações ao presidente nessa quinta-feira. Entre os pedidos, estavam o avanço da vacinação no país, a prorrogação do auxílio emergencial e também o apoio à adesão do Rio de Janeiro ao regime de recuperação fiscal, que segundo o grupo é fundamental para que o estado continue se desenvolvendo.

Por: Agência Brasil

 

%d blogueiros gostam disto: