Cidades do interior de Minas precisam transferir pacientes com COVID-19

Diversos municípios do interior de Minas enfrentam crise pela falta de leitos de UTI e transferem pacientes

Com o aumento de casos de Covid-19 em Minas Gerais, cidades do interior enfrentam colapso de ocupação nos leitos e precisam transferir pacientes. O Triângulo do Norte e região Noroeste do estado já foram classificados na onda roxa do Minas Consciente. Essas regiões já transferiram 133 pacientes contaminados pelo coronavírus para outras superintendências de saúde.

As regiões do Triângulo do Norte e Noroeste do estado possuem os piores indicadores da doença em Minas. Elas  são monitoradas pelo Minas Consciente com medidas mais severas, regidas pela onda roxa. As ações, que podem incluir toque de recolher e proibição de festas de família, tem o intuito de diminuir a propagação do vírus.

Segundo o Secretário de Estado de Saúde (SES-MG), Carlos Eduardo Amaral, as medidas adotadas são extremamente importantes para que Minas tenha capacidade de reestabelecer a rede assistencial nas regiões.

O estado já ultrapassou a marca de 900 mil casos de Covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado nessa quinta-feira (04). Além disso, 19.032 pessoas morreram em decorrência do vírus. A média móvel de infectados ultrapassa 5 mil casos.

Foto: André Santos/Prefeitura Municipal de Uberaba

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: