Rádios repudiam violência e param de tocar as músicas de DJ Ivis

Conforme as emissoras, músicas do cantor já foram retiradas da programação

Como demonstração de repúdio, emissoras afiliadas à Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT) decidiram não reproduzir mais músicas do DJ Ivis. Imagens do músico agredindo a ex-esposa repercutiram na internet nas últimas semanas.

Em nota, a Rádio Nova Sertaneja (95.3) de Divinópolis, no Centro-Oeste do estado, anunciou a retirada imediata do cantor de sua programação. Além disso, reiterou seu respeito às mulheres e orientou que façam denúncias pelo 180 em casos de violência.

Em Tupaciguara, no Triângulo Mineiro, a rádio Cidade FM também optou em não reproduzir mais as músicas.  O diretor da emissora, Fernando Prudente de Angelis, explicou que repudia toda forma de violência.

Já a Rádio Itatiaia Sul de Minas, localizada em Varginha, manifestou dizendo que também vai retirar as músicas do artista. O diretor da emissora, Diego Braga, deixou claro que a Itatiaia é contra qualquer tipo de agressão.

Outras rádios do Ceará, onde o agressor e a esposa viviam, também já anunciaram que não vão mais tocar músicas do artista. Dentre as emissoras estão a FM 93, Atlântico Sul FM 105.7, Cidade 99.1 e a Jovem Pan Fortaleza 94,7.

Violência contra a mulher

A agressão do DJ Ivis à Pamela Hollanda foi divulgada pela influenciadora no dia 11 de julho, em vídeo publicado em suas redes sociais.

 

Leia também: Antônia Fontenelle posta vídeo em resposta a Juliette após polêmica.

Foto: Pexels / Divulgação.

 

DJ Ivis

%d blogueiros gostam disto: