Semana de empreendedorismo destaca resultados do Vuei

Projeto do Estado com ênfase no público universitário impactou 65 mil pessoas na 1ª rodada

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) celebra o final da primeira rodada da Vivência Universitária em Empreendedorismo e Inovação (Vuei). O projeto é executado pela Diretoria de Indústria Criativa e Formação Empreendedora da Sede, e busca aproximar o mercado acadêmico, fortalecendo os ecossistemas de inovação e os eixos universitários.

Os resultados estão sendo apresentados durante a Semana Mineira de Educação Empreendedora e Inovação (Semeei), que segue até o dia 15/7. O evento mostra a trajetória de implementação das ações, e destaca iniciativas de impacto executadas pelos times das Instituições de Ensino Superior (IES) participantes do Vuei.

“É muito importante fortalecer o ecossistema de empreendedorismo mineiro. A riqueza universitária contribui para novas ideias, projetos e produtos. O programa do Governo de Minas busca oportunidades para o fomento do desenvolvimento econômico do nosso estado”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

Conexões e oportunidades

O primeiro dia de atividades da Semana Mineira de Educação Empreendedora e Inovação foi movimentado. O painel “Cases de sucesso em empreendedorismo e inovação” trouxe um bate-papo descontraído sobre as histórias de quem construiu uma empresa, dos problemas enfrentados às lições aprendidas.

O Vuei selecionou e capacitou times de professores e alunos em campus universitários que criaram hackthons, pré-acelerações, disciplinas, ligas, formações transversais, entre outras iniciativas de fomento ao empreendedorismo e inovação nas Instituições de Ensino Superior.

Para a diretora de Indústria Criativa e Formação Empreendedora da Sede, Luiza Freire, mesmo em um contexto de pandemia e de adequação das IES ao ensino remoto, o impacto do projeto nos ecossistemas locais foi excelente. Nesta primeira rodada, 154 alunos e 93 professores de 16 faculdades e 22 campis universitários executaram 207 ações em 19 municípios, impactando 64.429 pessoas.

“Esse resultado nos mostra a importância do fortalecimento da conexão entre as IES e o mercado, bem como o trabalho de desenvolvimento norteado pelo empreendedorismo e pela inovação. Encerramos esse ciclo com o sentimento de dever cumprido. Tenho a certeza de que professores e alunos acenderam uma chama que não irá se apagar”, afirma Luiza.

O professor Natã Goulart, da Universidade Federal de São João Del Rei, do campus Alto Paraopeba, destaca a importância do projeto. “O Vuei contribuiu com incentivo e capacitações que permitiram alavancar iniciativas já iniciadas em nosso campus. A equipe do Vuei nos permitiu a abertura de novas frentes de atuação com a disponibilização de mentorias para os alunos, além de intermediar a conexão entre a academia e o mercado”, observa.

Clique aqui para conferir a programação completa do evento. Ainda é possível se inscrever para participar, neste link. O acesso é gratuito e há certificado.

Por Agência Minas.

 

%d blogueiros gostam disto: