Mãe volta a enxergar após doação de filho para transplante de córnea

Maria precisava fazer um transplante de córnea, mas o procedimento só seria possível após doação de células tronco compatíveis

A empresária Maria Lopes de Souza voltou a enxergar graças a doação do filho, de 19 anos. Isso porque a mãe precisou ser submetida a um transplante de córneas, a camada do olho que protege a íris e a pupila.

De acordo com a Clínica-Escola da Unifacisa, que realizou a cirurgia, Maria precisou também de um outro transplante. A paciente precisava de células tronco do limbo da conjuntiva, de alguém compatível. Assim, Emanuel de Souza, seu filho, era o único apto.

Conforme Diego Gadelha, oftamologista responsável por acompanhar Maria, foi preciso fazer anteriormente o transplante de células-tronco. Ele relatou que a cirurgia inicial, com a retirada da conjuntiva do filho, era necessária para preparar para o transplante.

Já o transplante de córneas de Maria foi realizado no dia 17 de junho e, após recuperação, ela relatou estar enxergando normalmente. Enquanto isso, Emanuel, que possibilitou o susseso do procedimento, diz estar muito feliz pela mãe. “Por ela eu daria a vida, uma pequena parte do meu olho não é nada demais”, declarou ele.

Leia mais: Policial rodoviário salva bebê que havia engasgado em Governador Valadares.

Foto: Arquivo pessoal / Divulgação

 

transplante de córnea

%d blogueiros gostam disto: