Rádio Paraisópolis completou 66 anos no último dia 8

Oito de maio de 1954. Data que a Rádio Paraisópolis, emissora que leva o nome da cidade do Sul de Minas, iniciava os trabalhos, com o Senhor Benedito Almeida Simões, José Lima dos Santos, Adenir de Oliveira, Fernando Ribeiro Penchel, Antônio Costa Pinto e Willibaldo Brandão formando a primeira equipe de funcionários, mesmo sendo os proprietários da nova rádio.

No ano de 1969, a Rádio Paraisópolis foi vendida para o Sr. Pe. Anjelo Lázaro Nogara, o vigário da Paróquia São José, que continuou os trabalhos já iniciados pelos antigos donos da emissora de rádio. O programa “Vós da Paróquia”, que já existia naquela época, está no ar até os dias atuais e é comandado por padres, leigos e leigas da paróquia. Na década de 80, a rádio enfrenta uma forte crise e, para controlá-la, foi necessário criar a Fundação São José do Paraíso com a finalidade de manter a emissora no ar.

Em 1988, o Monsenhor José Dimas de Lima melhorou a qualidade ao aumentar a potência da rádio de 500 Whats para Um KiloWhats, após assumir a emissora. A partir então, diversas pessoas estiveram no comando da rádio, sempre aprimorando os trabalhos, os programas e as estruturas para transformá-la no que é nos tempos atuais. O que inicialmente era para ser uma emissora com apenas conteúdos religiosos, hoje abrange todas as editorias: política, cultura, esporte, entre outras.

Em 2020, 23 cidades das regiões Sul e Vale do Paraíba transmitem as ondas sonoras da Rádio Paraisópolis, além de mais de 40 comunidades que fazem parte da Paróquia São José. Em cada local, a emissora é ouvida em casas e comércios, tornando a proximidade, o carinho e a companhia cada vez mais frequentes.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: