Diagnóstico tardio causa mais mortes por câncer de colo do útero

Janeiro é o mês de conscientização do câncer de colo do útero. Segundo o Instituto Nacional de Combate ao Câncer, neste ano 16 mil mulheres serão diagnosticadas com a doença. Esse é um dos tipos de câncer com mais mortes no país. Em média, uma brasileira morre a cada trinta minutos, em decorrência do problema. O principal motivo ainda é o diagnóstico tardio, que ocorre em 70% dos casos.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), detectar a doença precocemente garante eficácia no tratamento na maioria dos casos. “Se a gente fizer o diagnóstico de uma lesão inicial, ou uma lesão pré-invasora, essa paciente terá sucesso terapêutico, na maior parte dos casos”, afirma a presidente da SBOC, Andréia Melo.

Entre as causas da doença está o HPV, vírus transmitido, principalmente, durante as relações sexuais desprotegidas, podendo causar sangramento, verrugas, ou feridas no colo do útero. Por isso, visitas frequentes ao ginecologista e estar vacinada contra o HPV é essencial para a saúde da mulher. Confira mais informações no áudio abaixo:

Postado originalmente por: Clube AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: