PROCON Patos de Minas pede que ANP e CADE investiguem postos de combustíveis

Uma desavença ocorrida entre três pessoas após um suposto encontro sexual terminou na delegacia, na manhã dessa quarta-feira (27/06). Segundo as informações, um homem de 42 anos teria feito um “programa” com um travesti durante essa madrugada e não quitou a dívida logo após o ato, sendo ameaçado pelo travesti e outro suspeito. A vítima nega e disse que a dívida entre eles é relativa à consumo de drogas.

Segundo as informações da Polícia Militar, os envolvidos apresentaram versões diferentes sobre o fato. A suposta vítima, de 42 anos, relata que, na data de ontem, se encontrou com os suspeitos, Jhony Henrique Pereira, que é travesti, e Anderson Luís Paes de Barros, e passaram a ingerir bebidas alcoólicas. Em certo momento eles foram consumir drogas ilícitas. Ainda segundo a PM, no primeiro momento, o homem admitiu que fez o programa com o travesti, mas depois disse que eles apenas consumiram drogas juntos.

Já os suspeitos alegam que houve mesmo um programa entre o travesti e a suposta vítima. Após o ato, o homem não tinha dinheiro para pagar. Ele teria deixado uma mochila como garantia e alegou que só teria dinheiro às 11h, quando sacaria o valor no banco.

Diante do impasse, os suspeitos teriam passado a ameaçar a vítima com armas brancas para que quitasse a dívida. Após conseguir se desvencilhar, o homem acionou a Polícia Militar. Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas e o caso foi passado ao delegado de plantão.

Uma desavença ocorrida entre três pessoas após um suposto encontro sexual terminou na delegacia, na manhã dessa quarta-feira (27/06). Segundo as informações, um homem de 42 anos teria feito um “programa” com um travesti durante essa madrugada e não quitou a dívida logo após o ato, sendo ameaçado pelo travesti e outro suspeito. A vítima nega e disse que a dívida entre eles é relativa à consumo de drogas.

Segundo as informações da Polícia Militar, os envolvidos apresentaram versões diferentes sobre o fato. A suposta vítima, de 42 anos, relata que, na data de ontem, se encontrou com os suspeitos, Jhony Henrique Pereira, que é travesti, e Anderson Luís Paes de Barros, e passaram a ingerir bebidas alcoólicas. Em certo momento eles foram consumir drogas ilícitas. Ainda segundo a PM, no primeiro momento, o homem admitiu que fez o programa com o travesti, mas depois disse que eles apenas consumiram drogas juntos.

Já os suspeitos alegam que houve mesmo um programa entre o travesti e a suposta vítima. Após o ato, o homem não tinha dinheiro para pagar. Ele teria deixado uma mochila como garantia e alegou que só teria dinheiro às 11h, quando sacaria o valor no banco.

Diante do impasse, os suspeitos teriam passado a ameaçar a vítima com armas brancas para que quitasse a dívida. Após conseguir se desvencilhar, o homem acionou a Polícia Militar. Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas e o caso foi passado ao delegado de plantão.

Postado originalmente por: Clube Notícia – Patos de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: