Dia Mundial das Zonas Úmidas será comemorado nesta sexta-feira (2)

Arquivo DA

O Parque Estadual do Rio Doce é um dos 21 sítios com o título de Zona Úmida no Brasil

Nesta sexta-feira (2) de fevereiro, comemora-se o Dia Mundial das Zonas Úmidas, que são ecossistemas de conexão entre ambientes aquáticos e terrestres de relevante importância para a manutenção da biodiversidade terrestre, com o abrigo de inúmeras espécies e estratégica função no ciclo hidrológico.

O marco inicial para a criação do Dia Mundial das Zonas Úmidas ocorreu em 1971, na cidade iraniana da Ramsar, originando o tratado intergovernamental conhecido como Convenção de Ramsar, que busca o uso sustentável e conservação de ambientes de áreas úmidas, conhecidos como Sítios Ramsar.

A data, comemorada pela primeira vez em 1997 entre os países signatários da convenção, visa homenagear a criação da Convenção de Ramsar sobre Áreas Úmidas e alertar a população mundial em torno da importância da manutenção desses ecossistemas para o planeta.

No Brasil, existem 21 sítios/unidades de conservação com esse título, e o Parque Estadual do Rio Doce é um deles. A unidade foi a primeira do estado de Minas Gerais a deter esse reconhecimento em função da conservação dos 42 lagos naturais inseridos em seu interior, que representam um grande potencial em termos de biodiversidade e influenciando, inclusive, no regime hídrico da região. Além disso, a região em que o parque localiza-se é considerada o terceiro maior complexo lacustre do Brasil, o que ratifica ainda mais sua inserção dentre os Sítios Ramsar brasileiros e mundiais.

Esse ano, o tema escolhido para o Dia Mundial das Áreas Úmidas é “Áreas úmidas para um futuro urbano sustentável”, tendo em vista a complexidade, contribuição e vulnerabilidade desses ecossistemas para a manutenção do equilíbrio ambiental mundial e, consequentemente, para o bem-estar da população que habita as cidades.


Encontrou um erro? Comunique: [email protected]

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: