Anuncie
Vale do Aço

Dívida do estado prejudica saúde pública em Antônio Dias

Por: Diário do Aço 09/04/2018 17:32
Wôlmer Ezequiel

Antônio Dias é um dos municípios de Minas Gerais que sofre com a falta de repasses do estado

Ao longo de quatro meses de governo, a Administração Municipal de Antônio de Dias tem sofrido com a falta de repasses do estado, assim como ocorre em outras cidades de Minas Gerais. Em entrevista ao Diário do Aço, o prefeito de Antônio Dias, Benedito de Assis Lima, o Ditinho (PSDB), informou que o governo de Minas Gerais possui uma dívida de, aproximadamente, R$ 1,3 milhão com o município na área da saúde.

De acordo com o prefeito, a partir do momento que o estado deixa de repassar essa verba para o município, a administração precisa arcar com esses valores de algum modo, para que a população não seja prejudicada. “Então temos bancado essa dívida com recursos próprios para cobrir o déficit ao longo desses meses. Com isso, outras áreas são prejudicadas, como segurança, educação, infraestrutura e lazer. Ou seja, acaba atrapalhando o desenvolvimento do município, sendo que poderíamos estar investindo em uma dessas áreas”, lamenta.

No entanto, Ditinho ressalta que mesmo com essa dívida, a Administração Municipal tem conseguido superar os obstáculos, ainda que não possuam previsão de quando irão receber os pagamentos destinados à saúde. “Não estamos deixando de lado os laboratórios, transportes de pacientes, clínicas, remédios e entre outros. Estamos honrando o nosso compromisso com a saúde. É muito difícil trabalhar dessa forma sem saber quando a dívida será quitada, mas mesmo assim, estamos fazendo o possível”, afirma.

Ditinho destacou que o estado possui mais de R$ 1,3 milhão de dívida com a área da saúde do município

Estado
Procurada pelo Diário do Aço, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) afirmou que reconhece que existem débitos junto aos municípios mineiros, consequência da grave crise financeira que atinge os estados e do déficit. “A Secretaria tem trabalhado incessantemente para que a situação seja regularizada o quanto antes, considerando a disponibilidade financeira”, informou por meio de nota enviada pela assessoria de Comunicação.

Balanço
Ditinho acrescentou algumas de suas ações de seu mandato como prefeito de Antônio Dias, cargo no qual tomou posse no início deste ano, após eleição extemporânea, já que antes estava como prefeito interino. “Iniciamos a recuperação das estradas da zona rural do município, com o apoio da Usiminas. Estamos trabalhando na reforma e ampliação da prefeitura, para diminuir os custos com aluguéis. Fizemos o calçamento na rua da Grota, no distrito de Hematita. Investimos na aquisição de transporte escolar. E iniciamos obras de drenagem pluvial em alguns pontos do município”, cita.

Em relação às dificuldades, Ditinho acrescenta que são muitas. Uma delas é a baixa arrecadação de recursos, frente à demanda de trabalho. “Entretanto, estamos honrando com o nosso compromisso, como a folha de pagamento em dia e outros investimentos essenciais, o que é motivo de orgulho para nós. Então dessa maneira, vamos trabalhando, com o apoio da Câmara e, principalmente, da população”, conclui.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br