28 Congresso
Vale do Aço

Faculdade Única promove Simpósio e desenvolve projetos com a comunidade

Por: Diário do Aço 16/11/2017 17:32
Wôlmer Ezequiel

Kevin Augusto e Willian Sabino apresentaram os projetos desenvolvidos pela Faculdade Única

Para trazer novos conhecimentos e promover discussões sobre determinadas áreas do mercado de trabalho, a Faculdade Única irá realizar, entre o dia 22 e 24 de novembro, o I Simpósio de Arquitetura e Engenharia do Vale do Aço. O evento ocorrerá dentro da Faculdade Única e será aberto ao público, com entrega de certificado.

O coordenador de Arquitetura e Urbanismo, Max Gonçalves, destaca que o objetivo do simpósio é criar uma união entre os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Química e Engenharia Civil. “Teremos profissionais dessas áreas que irão trazer novos saberes para os alunos da Única e para outros interessados. Além disso, os participantes irão receber certificados das palestras que assistiram. As inscrições ainda estão abertas e podem feitas pelo site www.sympla.com.br”, afirma.

Projetos
Conforme o consultor de relacionamento, Kevin Augusto Vieira, a Faculdade Única também desenvolve projetos voltados para a sociedade, que visam repassar determinados tipos de conhecimento. ”O Crea-MG Júnior trouxe alguns projetos de aplicação em alguns cursos. Um deles é o Recrea, em que quatro cursos de engenharia e arquitetura estão participando. Nesses projetos, os alunos do ensino médio podem entender como que funcionam um trabalho acadêmico no curso superior”, explica.

Max Gonçalves é o coordenador de Arquitetura e Urbanismo,

O consultor também enumerou os projetos do Recrea que estão em processo de desenvolvimento na faculdade e que depois irão competir com outras equipes de outras cidades. “Na Engenharia Civil temos um projeto em que os alunos montam uma ponte utilizando somente macarrão. Na Arquitetura, temos o Paper Wings, que é uma competição de aviãozinho de papel. Na Engenharia Química temos o CSI, em que trabalham com mistérios de crime utilizando conhecimentos químicos e, na Ciência da Computação, temos um projeto de luta de robô, como se fosse uma espécie de sumô”, detalha.

Bolsa integral
Segundo o consultor, os alunos do ensino médio que ganharem as competições em seu projeto, poderão escolher qualquer curso superior da Faculdade Única para estudar com bolsa integral até à sua formatura. “Já recebemos alunos da rede pública e foram apresentados para eles esses projetos do Recrea. Eles terão a participação dos estudantes do ensino superior que irão trabalhar como tutores. E o aluno vencedor do seu determinado projeto ganhará uma bolsa 100% na Faculdade Única, para estudar em qualquer curso de graduação”, destaca.

Willian Sabino é aluno do curso de Engenharia de Controle e Automação

Power Hand
Outro projeto apresentado durante a entrevista é o Power Hand, desenvolvido pelo aluno Willian Sabino, do curso de Engenharia de Controle e Automação. “Esse projeto nasceu com o Bravos Heróis, que é um movimento social com membros de várias idades. O objetivo dele é desenvolver próteses, construídas por uma impressora 3D, para atender, de forma gratuita, portadores da Síndrome da Banda Amniótica”, explica Willian.

Segundo o aluno, durante o desenvolvimento do projeto, eles também ensinam as pessoas a fazerem as suas próteses. “Para participar, a pessoa tem que entrar no site www.bravosherois.com.br e lá tem a parte de cadastro, que é a informação de dados. Depois, a gente irá entrar em contato com o interessado”, afirma.

Outra novidade citada pelo aluno é que, no dia 25 de novembro, haverá a abertura do Power Hand para a sociedade e a entrega da primeira prótese. “Vamos promover um curso de impressora 3D nesse mesmo dia e ensinar como fazer a prótese. E nesse dia também vamos entregar a nossa primeira prótese para uma menina. Trabalhamos na montagem durante uns seis meses e agora poderemos presenteá-la”, salienta.

MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br