Encontro
Vale do Aço

Hospital Márcio Cunha e Ipsemg buscam entendimento

Por: Diário do Aço 15/09/2017 18:32
Divulgação

Reunião entre representantes do Ipsemg e FSFX mediada por Celinho do Sinttrocel

A reivindicação de melhoria no atendimento de saúde dos servidores públicos estaduais e de seus dependentes, com a ampliação da prestação de serviços hospitalares por parte do Hospital Márcio Cunha, foi tema de reunião nesta quinta-feira (15) entre o presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), Hugo Vocurca Teixeira, o Superintendente da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), Marcelo Gouveia Teixeira e o deputado estadual Celinho do Sinttrocel.

O presidente do Ipsemg afirmou o interesse em buscar um entendimento mais amplo e que atenda às necessidades dos servidores e contemple o planejamento desenhado pelo Instituto. “Eu acredito que o Hospital Márcio Cunha pode ser um parceiro importante nesta caminhada”, afirmou.

O superintendente da FSFX também manifestou sua disposição em construir uma parceria que possa fortalecer o Márcio Cunha como um hospital geral regional. “Creio que podemos nos fortalecer mutuamente: Ipsemg e Márcio Cunha. E quem vai sair ganhando, num primeiro instante, são os servidores, mas a população toda será beneficiada, na medida em que a rede de atendimento será ampliada”.

Marcelo Gouveia lembrou que o Hospital tem 530 leitos e capacidade de atendimento em toda a linha de cuidados, de gestantes a cardiológicos – incluídos serviços de alta complexidade vascular (cirurgia cardíaca, hemodinâmica e implante de marca-passo permanente). Além de procedimentos endovasculares, eletrofisiologia, neurocirurgia, oncologia, urgência e emergência, ortopedia (de baixa e média complexidade), terapia renal substitutiva e transplantes renais.

O assessor chefe da Assessoria de Políticas e Regulação em Saúde do Ipsemg, Cristiano Gonzaga da Matta Machado, apresentou um breve quadro das necessidades do Instituto na região e reconheceu o trabalho desenvolvido pelo hospital; manifestando interesse em várias clínicas, com interesse especial no Pronto Atendimento e na área de oncologia.

Ao fim da reunião, ficou acertado que o Ipsemg vai promover um levantamento geral de suas demandas enquanto a fundação vai apresentar um portfólio de serviços, a partir da tabela de preços do Instituto e as possibilidades de atendimento. Nova rodada de negociação deverá ser realizada em quinze dias.

Celinho do Sinttrocel considerou positiva a reunião e explicou que busca essa parceria desde 2013, “para dar um fim ao sofrimento dos servidores que, para atendimentos hospitalares, têm de se deslocar para Governador Valadares, Caratinga ou até mesmo para Belo Horizonte,” pontuou o deputado.



Postado originalmente por: Diário do Aço

Veja também
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: