Pedro Cine Fotos
Vale do Aço

Improbidade administrativa é tema de Seminário de Gestão da SRE

Por: Diário do Aço 20/03/2018 16:32
Divulgação

A abertura do evento foi realizada no auditório da Escola Estadual João Walmick

A importância de desenvolver nos gestores escolares diferentes competências como financeiras, pedagógicas e administrativas, além de destacar os aspectos atuais e relevantes da Lei de Improbidade Administrativa foram os principais assuntos tratados na abertura do Seminário de Gestores, que está sendo realizado pela Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Coronel Fabriciano. O evento, que tem como um dos parceiros a 72ª subseção Ipatinga da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), teve início terça-feira (20), no auditório da Escola Estadual João Walmick, no bairro Vila Ipanema, em Ipatinga, e prosseguirá nesta quarta-feira (21) com uma série de palestras.

A adoção de uma visão sistêmica, de acordo com a diretora da Superintendência Regional de Ensino, Edvânia de Lana Morais Andrade, é essencial para o gestor público. “Por mais que a gente trabalhe e acumule saberes, esse conhecimento precisa permitir a resolução de problemas dentro de uma estrutura de tomada de decisão. Portanto, devemos incentivar a convivência democrática por meio do diálogo dentro das escolas”, ressaltou a diretora, discursando para um público de aproximadamente 150 pessoas formado por diretores de escolas, inspetores escolares e representantes da SRE.

Para o advogado especialista em Direito Processual e professor Jorge Ferreira da Silva Filho, a Lei de Improbidade Administrativa torna os gestores públicos mais competentes. “A norma enquadrou práticas de mau uso de dinheiro público e impôs sanções aos agentes envolvidos com tudo, principalmente com a gestão. Na verdade, profissionalizou a gestão e marcou a moralização pública. Com isso, a atuação dos gestores no contexto escolar e os serviços públicos passaram a ser prestados com maior qualidade e eficiência”, afirmou Jorge Ferreira, acompanhado do advogado e presidente da OAB Ipatinga, Eduardo Figueredo.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br