Anuncie
Vale do Aço

Postes com lâmpadas queimadas são alvo de reclamação em Ipaba

Por: Diário do Aço 31/03/2018 8:32
Reprodução

A alegação do Governo Municipal foi a falta de recursos para gerir esta atividade

O descaso com a iluminação pública em Ipaba é alvo de reclamação dos moradores do município. Segundo autoridades políticas, diversos postes de iluminação estão com lâmpadas queimadas e outros serviços não são executados com a regularidade necessária para atender a demanda da população.

Em 2014, um processo judicial foi aberto pelo município de Ipaba para impedir que a responsabilidade destes serviços fosse transferida da Companhia Energéticas de Minas Gerais (Cemig) para a Administração Municipal. A transferência seria baseada na Resolução Normativa 414/2010, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A alegação do Governo Municipal foi a falta de recursos para gerir esta atividade. A Cemig recorreu ao processo, mas os embargos de declaração foram rejeitados pelo Tribunal Regional Federal da Primeira Região. Deste modo, as atribuições de manutenção, instalação e outros serviços ligados à iluminação pública permanecem de responsabilidade da Cemig.

Para o vereador Paulo Sérgio de Jesus Evangelista (MDB), o Serginho Tesoura de Ouro, sem realizar a manutenção da iluminação pública, a Cemig prejudica a população. “A Cemig tem tratado a situação com total descaso. Ela realiza a arrecadação mensal, mas o serviço não é prestado de modo necessário e a população precisa que estas melhorias sejam feitas. Isto está acontecendo na sede do município de Ipaba, além do distrito do Vale Verde, povoados do Boachá e Águas Limpas, além de outras localidades. São mais de 150 postes com lâmpadas queimadas. Os munícipes de Ipaba estão sendo lesado, estamos muito aborrecidos com esta situação” aponta o vereador.

Resposta

Em nota ao Diário do Aço, a Cemig informa que “os trabalhos estão sendo executados normalmente. Inclusive, na quarta-feira (28), alguns pontos de iluminação pública do município receberam manutenção das equipes”.
A empresa esclarece ainda que constam em seu sistema 68 solicitações de manutenção de iluminação pública na cidade. A previsão é de que nos próximos 20 dias todos os pontos solicitados já tenham sido atendidos.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br