Alojamento do Tupi é interditado pelo Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros informou, através de um comunicado oficial, que o alojamento do Tupi foi interditado parcialmente. A ação ocorreu após fiscalização em clubes de futebol de Juiz de Fora nessa sexta-feira, 5.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a ação foi realizada “com o intuito de saber se nos centro de treinamentos dos clubes existiam alojamentos em condições para os atletas pernoitarem ou até mesmo morarem”. Segundo as informações, no momento da vistoria realizada no clube Tupi, foi detectado um alojamento com 29 adolescentes de diversas cidades que moravam em tempo integral. No comunicado foi informado que “a Guarnição BM realizou fiscalização nas dependências desse alojamento e verificou que o local, além de não possuir nenhum equipamento de segurança contra incêndio e pânico, possui somente uma saída de emergência, porém com obstrução na rota de fuga. Verificou-se, ainda, que a porta de acesso à descarga tinha abertura contrária a rota de fuga, podendo gerar alguns transtornos em um possível momento de pânico”.

Além disso, no local havia fiações elétricas expostas em contato com material combustível, ar condicionado antigo e, em alguns cômodos, com fiação elétrica exposta e com isolamento provisório de fita crepe ou fita isolante. Sendo assim, diante da gravidade dos detalhes constatados e do risco apresentado, a Guarnição BM, comandada pelo Tenente Pereira, interditou parcialmente o alojamento do clube Tupi, ficando os adolescentes sob responsabilidade do vice presidente do clube. “Apesar de o Clube possuir Processo de Segurança Contra Incêndio e Pânico em tramitação no CBMMG, a situação do alojamento era de risco iminente, sendo portanto, interditado conforme legislação em vigor, a saber Lei Estadual 14.130/2001 E Decreto Estadual 44.746/08”.

A direção do clube se pronunciou através de nota. Confira o comunicado na íntegra:

“O nosso alojamento tem a capacidade para 35 jogadores. No momento da interdição tinham no local cerca de 28 atletas. Já estamos trabalhando para dar o maior conforto e segurança para os nossos atletas, tanto que já encaminhamos a Prefeitura a documentação necessária, mas tivemos exigências dos bombeiros, o que ocasionou a interdição. Liberamos nossos atletas que já estão sendo remanejados em novas locações e estão tendo todo apoio e atenção. Prezamos sempre pela segurança dos nossos atletas e parabenizamos os bombeiros pela atuação”.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: