Encontro sobre Segurança Pública destaca ações integradas e falta de policiais na Zona da Mata

O secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Barboza Menezes, o prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, delegados, representantes das polícias civil e militar, do Corpo de Bombeiros e demais prefeitos e autoridades da segurança pública de toda a região da Zona da Mata estiveram reunidos na manhã dessa quinta-feira, 4, no Ritz Plaza Hotel, para discutir e propor soluções para os problemas de segurança na Zona da Mata.

Para Menezes, este tipo de discussão é essencial para se iniciar possíveis melhorias no bem-estar do cidadão. “Viemos tomar conhecimento, ouvir os prefeitos, para entender detalhes do que é possível fazer para melhorar a segurança na 4ª Risp. Em reuniões anteriores, já vínhamos discutindo a promoção de força tarefa, força integrada, área de prevenção, e outras operações de responsabilidade das polícias Civil e Militar”, comentou o secretário.

AÇÕES EM PRÁTICA

Durante o encontro, foi anunciada a implantação, em Juiz de Fora, do projeto Fica Vivo, de iniciativa do governo estadual. A ação atende a adolescentes e jovens, de 12 a 24 anos, e promove atividades educativas e culturais que buscam a prevenção de homicídios.

O coronel Alexandre Nocelli, comandante da 4ª Região da Polícia Militar, acredita que as discussões contribuem para a adoção de medidas que melhorem a qualidade de vida da comunidade. No âmbito da corporação, o comandante percebe que as ações que vêm sendo colocadas em prática recentemente já surtem efeito positivo. “Estamos fazendo um trabalho voltado para a potencialização da sensação de segurança da comunidade e a diminuição dos crimes violentos”, comentou o coronel, ressaltando que já é possível perceber a diminuição dos crimes de roubo na cidade. “Esperamos diminuir potencialmente as cifras de violência em Juiz de Fora e região”, completou o militar, que também falou da importância destas ações serem planejadas em conjunto com a Polícia Civil e outros órgãos de segurança.

TRABALHO EM CONJUNTO

Durante o encontro, o chefe do 4º Departamento da Polícia Civil, Carlos Alberto da Silveira e a delegada regional Patrícia Ribeiro, ressaltaram que as ações integradas entre as polícias devem ser continuadas para a eficácia da redução dos índices de criminalidade.

O prefeito Bruno Siqueira reforçou a parceria entre as instituições e a participação da Prefeitura, auxiliando as ações. “Temos um efetivo de policiais civis e militares indo às ruas, garantindo o combate à violência. A parceria da Prefeitura com estas instituições continua. Oferecemos suporte através do projeto Olho Vivo como também aluguel de vários espaços para que a Polícia Militar possa ocupar esses espaços, através do policiamento e através do monitoramento. Queremos dar continuidade a este trabalho.

DEMANDA POR EFETIVO

Durante a reunião, o deputado estadual Isauro Calais (PMDB), que propôs a iniciativa, destacou a necessidade das polícias da região terem reforço de efetivo. “A Zona da Mata, pede socorro ao Estado. Estamos vivendo um alto índice de violência, muita criminalidade, falta de efetivo da Polícia Civil, falta de efetivo da Polícia Militar. É preciso que o estado escute as pequenas cidades da nossa região”, criticou o parlamentar, ressaltando a importância de uma ação governamental eficaz, que impeça o avanço da criminalidade e proteja as fronteiras estaduais, contribuindo para combater o tráfico de drogas e de armas vindos, inclusive, de estados vizinhos, como o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. “É preciso, de fato, uma ação governamental para trazer tranquilidade ao cidadão da Zona da Mata”, reforçou o deputado.

A demanda também foi enfatizada pelo prefeito. “O Estado tem dever com a segurança pública da nossa região. O trabalho é realizado com muita dificuldade, com a garra das corporações, mas nós precisamos de um maior efetivo e, por isso, cobramos medidas concretas que tragam o equipamento completo ao Corpo de Bombeiros, à Polícia Militar e à Polícia Civil”, finalizou Bruno.

*Colaborou João Victor Rodrigues

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: