Anuncie
Juiz de Fora e Região

Farmácia Universitária realiza campanha sobre o descarte correto de medicamentos

Por: Diário Regional 27/09/2017 18:37

O descarte incorreto de medicamentos pode causar danos ao meio ambiente. “Se jogados no lixo comum, os remédios podem contaminar o solo e, por consequência, mananciais de água”, explica Marcelo Silvério, coordenador da Farmácia Universitária da UFJF.

Para alertar sobre este e outros riscos, a Faculdade de Farmácia da UFJF realiza no próximo sábado, 30, um dia de conscientização, no Calçadão da Rua Halfeld, de 9h ao meio-dia. Durante toda a manhã, estudantes de Farmácia vão esclarecer a população sobre as consequências do descarte incorreto, por meio de conversas e distribuição de materiais informativos disponibilizados pelo Conselho Regional de Farmácia do Estado de Estado de Minas Gerais (CRF-MG).

De acordo com a lei municipal N.º 13.442 de 2016, todas as farmácias, drogarias e farmácias de manipulação da cidade são obrigadas a instalar pontos de coleta, em local de fácil visualização, para recolhimento de medicamentos impróprios para o consumo ou com data de validade vencida. Silvério ressalta a importância de, ao término do tratamento médico, o consumidor descartar as sobras de medicamentos, evitando, assim, a automedicação e o uso de produtos fora do prazo de validade. “Utilizar medicamentos vencidos é totalmente inadequado, após o vencimento não há garantia que o remédio vai exercer seu efeito. Além disso, aumentam as chances de causar algum mal ao usuário”, alerta.

Para fazer o descarte é necessário levar os medicamentos a um ponto de recolhimento especializado. A Farmácia Universitária da UFJF é um ponto fixo para coleta de medicamentos vencidos, impróprios para consumo ou que não são utilizados. Após recolhidos, os medicamentos são captados pela Coordenação de Sustentabilidade da UFJF que faz o descarte seguro do material.

No caminho da sustentabilidade

Caixas de remédio, bulas, cartelas de alumínio e plástico são materiais recicláveis e podem ser destinados para a coleta seletiva, desde que limpos e separados dos medicamentos. A UFJF, por meio da Coordenação de Sustentabilidade, gerencia o contrato de recolhimento e destinação de resíduos químicos e de saúde e, portanto, é responsável pela coleta dos medicamentos descartados na Farmácia Universitária para devida incineração.

“Muitos medicamentos e seus produtos de degradação podem comprometer a qualidade do solo e mesmo da água se descartados de forma incorreta, pois muitas dessas substâncias não são degradadas no processo de tratamento de água”, reforça Rosana Colombara, Coordenadora de Sustentabilidade da UFJF.

 


 Fonte: Assessoria

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: