Força-tarefa é criada para impedir eventos irregulares no pré-carnaval da cidade

Durante reunião realizada nessa semana, na Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur), foi formalizada a criação de uma força-tarefa reunindo a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Ministério Público, para coibir a realização de qualquer evento não autorizado previamente no período do pré-carnaval de Juiz de Fora. Três blocos irregulares anunciados em redes sociais para este final de semana, nas praças dos bairros Bom Pastor, Santa Terezinha e Eldorado, já estão sendo monitorados e vão sofrer ações preventivas e ostensivas no dia marcado.

Os bares instalados em todo o entorno das praças destes bairros serão notificados anteriormente pela Semaur sobre a proibição de promover os eventos e das possíveis sanções administrativas e penais que podem sofrer caso participem da organização dos mesmos. Em cada local, no horário marcado para os encontros, haverá uma equipe da Polícia Militar e da Prefeitura de Juiz de Fora, formada pela Guarda Municipal, agentes de trânsito e fiscalização de posturas, para coibir ambulantes, carros com som e verificar a venda de bebidas em vasilhame de vidro e o uso de serpentina metálica. Também será solicitada a presença do Comissariado de Menores para acompanhar toda a ação e punir a venda e o fornecimento de bebidas alcoólicas para menores, o que é crime previsto em lei.

O Ministério Público e a Polícia Civil vão acionar o setor de inteligência da Coordenadoria Estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos para identificar os envolvidos pelas convocações para eventos irregulares nas redes sociais e tomar as providências no âmbito criminal. Na próxima semana, uma nova reunião será agendada para tratar das ações realizadas por esta força-tarefa e verificar se outros eventos foram agendados. A Funalfa alerta a população que nenhum bloco carnavalesco realizado antes do dia 7 de fevereiro está autorizado. Quem receber convites para algum evento e deseja confirmar se é irregular ou não, pode acessar o site www.funalfa.com.br/carnaval.

 

Fonte: Assessoria

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: