Grupos prioritários devem procurar postos de vacinação contra gripe nesse sábado

Com a proximidade do inverno, a probabilidade de as pessoas contraírem a gripe é maior. O risco aumenta quando se trata de idosos, mais suscetíveis a desenvolver complicações devido à baixa imunidade. A Secretaria de Saúde (SS) divulgou resultado parcial da campanha de vacinação contra a doença, na terça-feira, 9, destacando que apenas 40% dos idosos de Juiz de Fora haviam se imunizado. A orientação é que este e os demais grupos prioritários procurem os postos de vacinação nesse sábado, 13, “Dia D” da Vacinação contra Gripe. A chefe do Departamento de Saúde do Idoso (DSI), Stela Maria Bittencourt, ressalta que “a vacina é a maior arma para evitar doenças e, quanto mais rápido a pessoa se vacinar, mais rápido estará imunizado”.

Quem se imunizou no ano passado também deve se prevenir este ano, já que a composição da vacina pode mudar de um período para outro, conforme os vírus que circularam no ano anterior. De qualidade reconhecida internacionalmente e extremamente segura, ela protege contra três subtipos do vírus da gripe (Influenza A/H1N1, Influenza A/H3N2 e Influenza B).

Postos de vacinação

Nesse sábado, 70 postos de vacinação estarão abertos das 8h às 17h. Confira abaixo:

– 63 Atenção Primária à Saúde (Uaps)
– Posto de Atendimento Médico (PAM) Marechal, térreo
– Departamentos de Saúde da Criança e do Adolescente (DCSA), na Rua São Sebastião, 772, Centro,
– Departamento de Saúde do Idoso (DSI), na Rua Batista de Oliveira, 943, Centro
– Igreja Sagrado Coração de Jesus, no Bairu
– Santa Cruz Shopping
– Igreja do Bairro Centenário
– Praça do Bairro Bandeirantes, durante o Projeto Bem Comum Bairros, das 8h às 13h.

Além dos idosos, fazem parte do grupo prioritário a ser imunizado, gestantes e mulheres que tiveram filhos há 45 dias (puérperas), crianças de seis meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, doentes crônicos – dentro do grupo das comorbidades preconizadas pelo Ministério da Saúde (MS) e com receita médica –, e professores das redes pública e privada.

Outras medidas de proteção podem ser tomadas, como lavar bem as mãos com água e sabão, evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Fonte: Assessoria 

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: