Hemominas realiza carreata em prol de doações

O hemocentro de Juiz de Fora realizou uma passeata para conscientizar sobre a importância da doação de sangue. A “carreata solidária- Doe Sangue, Doe Vida”, contou com a presença da organização dos médicos do barulho, que agitou as ruas de Juiz de Fora em prol da causa.

A carreata teve início na Praça do Bom Pastor e seguiu pela Avenida Barão do Rio Branco, em sentido Santa Casa de Misericórdia, até o bairro Manoel Honório, e voltaram para o Parque Halfeld.

Durante o evento, que marca também os 167 anos de Juiz de Fora, uma tenda foi colocada no Parque Halfeld, com profissionais da saúde para prestar serviços como aferição da pressão arterial, distribuição de material informativo e esclarecimento de dúvidas sobre a doação de sangue.

Para a Chefe de Captação e Cadastro de Doadores da Fundação Hemominas, Lidiane Moura, a escolha da data do aniversário da cidade foi uma boa estratégia para campanha de doação. “Nada melhor do que chamar a atenção da população em uma data comemorativa, no aniversário da cidade. A doação de sangue é muito importante e as pessoas às vezes se esquecem que a gente precisa desse tanto desse remédio, que não encontrado em farmácias”, alertou Ligia. “O estoque está muito abaixo do ideal, os grupos Rh negativo estão 40% a baixo do que precisamos para atender e esse déficit está ocorrendo em toda região de Minas Gerais”.

Gláucia Ladislau, maestrina do coral da Ascomcer, que doa sangue a cada três meses, falou sobre a importância do evento. “A mídia mostra para mais pessoas esse envolvimento do Hospital Ascomcer com o Hemominas. Pra gente melhorar o banco de sangue, porque há tantas pessoas precisando e tantas pessoas saudáveis e poder fazer isso é muito legal”, afirmou Gláucia.

Fátima Kelmer, artesã que doa sangue há 30 anos, destaca a importância do papel de cada cidadão. “Este evento é muito importante porque o Hemominas está pedido socorro, o estoque de sangue está muito baixo. Então eles chamaram os Médicos do Barulho para pedir que o povo se manifeste. Às vezes a gente pede tanta coisa para os governantes, mas também temos que fazer a nossa parte. Se a gente quer mudar alguma coisa no nosso país, temos que começar por nós mesmos”, ressaltou.

O QUE É PRECISO PARA DOAR

• Para doar sangue é necessário Ter entre 16 e 69 anos. (menores de 18 anos precisam de autorização dos pais), pesar no mínimo 50kg, estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

No Hemominas é necessário apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do doador, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social). A instituição está localizada na Rua Barão de Cataguases, sem número, no bairro Santa Helena, região central da cidade. A fundação funciona de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e aos sábados das 7h às 11h da manhã.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: