28 Congresso
Juiz de Fora e Região

Ligação entre MG-353 e BR-040 segue sem aprovação

Por: Diário Regional 29/10/2017 6:37

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DEER-MG) aguarda, desde o início do ano, a aprovação do projeto de complementação entre as rodovias MG-353 e BR-040, para facilitar a ligação entre os municípios de Juiz de Fora e Goianá.

De acordo com o DERR, o governo de Minas Gerais concluiu as obras de implantação e pavimentação do trecho de ligação entre as cidades, no entroncamento entre as duas rodovias. O empreendimento teve investimento de R$67,5 milhões e foi concluído no final do mês de abril. Porém, para que posse ser utilizado é necessário a complementação da interseção existente na BR-040, cujo projeto vem sendo discutido com a Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora – Rio de Janeiro (Concer), concessionária responsável pela administração da rodovia BR-040 entre o município mineiro e a capital fluminense, e Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), desde janeiro deste ano.

“A obrigatoriedade de que a passagem do tráfego que se dirige ou chega do Aeroporto Regional da Zona da Mata ou cidades vizinhas tenha que passar obrigatoriamente pelo perímetro urbano de Juiz de Fora, aumentando o tempo de viagem e a falta de conforto aos usuários” é um dos prejuízos apontados pelo Departamento como consequência da demora na liberação do trecho.

O DEER afirmou que vem cumprindo com todas as exigências solicitadas para aprovação do projeto. “Nessa quinta-feira, 26, a Concer solicitou ao DEER-MG mais dois documentos – Nível de Serviço e o Cálculo do Número N – que foram enviados na tarde dessa sexta-feira, 27. Todos os demais pedidos já foram atendidos”, afirmou.

Para permitir a abertura da via, o Departamento construiu as alças que dão acesso ao Aeroporto da Zona da Mata, no encontro com a interseção existente na BR-040. “O DEER-MG reitera a necessidade de que as alças provisórias, já implantadas e sinalizadas, na interseção com a BR-040, sejam liberadas imediatamente, visto não haver qualquer motivo para a ordem seja protelada”, disse.

Também foram solicitados a conclusão dos estudos de tráfego para dimensionar o fluxo de veículos na interseção e os dados referentes ao tráfego de veículos, que foram fornecidos pelo Departamento a Concer neste mês.

Ainda conforme o DEER, a obra da interseção definitiva terá início imediatamente após a aprovação do projeto e não prejudicará o tráfego no trecho provisório.

 

ESCLARECIMENTOS

Em nota, a Concer esclareceu que os documentos referentes ao estudo de tráfego e ao cálculo do número de eixos de veículos que trafegarão pela futura ligação rodoviária devem obedecer ao padrão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e são necessários para se definir as dimensões das alças de acesso do entroncamento entre as duas rodovias.

A concessionária também ressaltou que a BR-040 é um bem da União, estando sob a alçada da ANTT, e que ela apenas administra a rodovia. “A empresa, portanto, não é a responsável pela aprovação do projeto e liberação da ligação rodoviária pleiteada pelo DEER-MG, estando sua atribuição restrita à análise do conjunto de documentos exigidos pela ANTT antes de seu envio à Agência, a qual tem a competência de dar o aval final à abertura do entroncamento entre as duas estradas”.

A ANTT afirmou, por meio de um comunicado, que está em tratativas com o DEER/MG para que o projeto seja reapresentado o quanto antes.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: